Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Curso PICC Porto Velho 08 e 09 Dezembro 2012


Curso de habilitação para utilização, inserção, manutenção e cuidados com cateter central de inserção periférica (PICC-CIPP)adulto/pediátrico/neonatal
Público Alvo: Enfermeiros, Médicos e Graduandos do último período de Enfermagem
Data: 08 e 09 Dezembro  2012 (sexta e sabado) das 8:00 as 18:00
Local: CETAS
Rua Carlos Gomes, 2443 – São Cristóvão  Porto Velho
 Nº de Vagas: 30
Carga Horária:20 horas
Investimento:4x 149,00 cheques ou VISA MASTERCARD, a vista 5% desconto.
Ligue: 0800 771 7012 
vivo (14) 9745 7635/9795 0190
oi (14) 8820 1016
claro(14)9135 6614
Instrutora:Profª Ms. Luciene Muniz Braga
Enfermeira Especialista em Controle de Infecção Hospitalar. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas.
Mestre em Ciências da Saúde – Área de concentração Pediatria-Instituto dos Servidores do Estado de Minas Gerais, IPSEMG Título da dissertação: Cateter Central de Inserção Periférica CCIP: Investigação Prospectiva em Recém-nascidos Submetidos à Terapia Intravascular, Ano de Obtenção:2006.
Professora Assistente do Departamento de Medicina e Enfermagem da Universidade Federal de Viçosa-UFV.
Instrutora de Cursos Picc desde 2003
Tariner em Picc pela BD.
Programa
8:00 – Abertura e entrega de materiais
8:15 – Histórico da terapia intravenosa/Qualificação Profissional
9:00 – 10:00 A qualidade da terapia intravenosa baseada na ética
 e na segurança
10:00 – 10:15  Coffee break
10:15 – 11:00 Conceito de PICC/Indicação x Contra indicação
11:00 – 13:00 Anatomia dos vasos sanguineos
13:00 – 14:00 Almoço
14:00 – 15:00 Propriedades das soluções intravenosas
15:00 – 15:30 Seleção do cateter
15:30 – 15:40 Coffee-Break
15:40 – 17:00 Complicações relacionadas ao Picc e
 Intervenções de Enfermagem
17:00 – 18:00 Cuidados de manutenção e remoção/Protocolos
 8:00 – 09:30 Infecção relacionada ao Picc
9:30 – 09:40 Coffee break
09:40 – 12:00 Demostração prática
 da Inserção
12:00 – 13:00 Almoço
13:30 – 16:30 Aula prática de inserção do
 PICC realizada por cada participante
16:45 – 17:30 Avaliação escrita
18:00  Encerramento
 MATERIAL FORNECIDO: 01 APOSTILA DE PRÉ ESTUDO, 01 APOSTILA IMPRESSA , 01 , CERTIFICADO
CERTIFICADO VÁLIDO EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL E EMITIDO NO FINAL DO CURSO
VAGAS LIMITADAS!!
INSCRIÇÕES LIGUE GRÁTIS: 0800 771 7012



Curso ACLS Belém 20 e 21 Outubro 2012


Certificado por American Heart Association.
Novas Diretrizes AHA 2010.
Público alvo:Médicos, Enfermeiros Fisioterapêutas e alunos do sexto ano de Medicina.
Datas:20 e 21  Outubro  2012
Local:Santa Casa do Pará,395
Rua Oliveira Belo
Local:Valor: 5X R$330,00 (Cheques pré -datados/VISA/MASTERCARD)
Material de Estudo: Manual do ACLS
 Informações: 0800 771  1012
(vivo) (14) 97970190
(oi) (14)8820-1016
(tim) (14)8134-7696
(claro) (14)9135-6614

Curso ACLS -Segunda turma Manaus 06 e 07 Dezembro 2012 -inscrições abertas


Certificado por American Heart Association.
Novas Diretrizes AHA 2010.
Público alvo:Médicos, Enfermeiros Fisioterapêutas e alunos do sexto ano de Medicina.
Datas: 06 e 07 Dezembro 2012
Universidade Estadual do Amazonas-UEA
Local:UEA
Valor: 5X R$340,00 (Cheques pré -datados/VISA/MASTERCARD)

à vista R$ 1615,00

Conta paara depósito
Banco Brasil Ag:0133-3 – C/C 22361-1  – CNPJ 11 126 367/0001-72- Favorecida Zamignan e Zamignan
Para pagamento em cheques e no cartão de Crédito ligue 0800 771 7012 de fone fixo
 Informações: 0800 771  1012 0u
(vivo) (14) 97970190
(oi) (14)8820-1016
(tim) (14)8134-7696
(claro) (14)9135-6614


Curso ACLS Brasília 08 e 09 Dezembro 2012




Nova data!!! Curso ACLS Brasília 08 e 09 Dezembro 2012Certificado por American Heart Association.
Novas Diretrizes AHA 2010.
Público alvo:Médicos, Enfermeiros Fisioterapêutas e alunos do sexto ano de Medicina.
Datas: 08 e 09 Dezembro 2012
Local:Parla Mundi LBV
Local:Valor: 5X R$296,00 (Cheques pré -datados/VISA/MASTERCARD)
Material de Estudo: Manual do ACLS
 Informações: 0800 771  1012
(vivo) (14) 97970190
(oi) (14)8820-1016
(tim) (14)8134-7696
(claro) (14)9135-6614

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Chegamos a 2º fase do prêmio TOP BLOG 2012

Peço a todos que visitam o Blog enfermeiros em urgência e emergência ajudem o blog votando no premio TOP BLOG 2012, chegamos ao segunda fase, agradeço desde já a sua ajuda, para assim continuarmos colocando postagens tirando duvidas, dicas, novidades, noticias, videos entre outros, para votar acesse o link abaixo e vá ate o site top blog, ou clique na imagem premio top blog e vote, conto com vc! Obrigado 
http://www.topblog.com.br/2012/index.php?pg=busca&c_b=18128428

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Folder - Sintomas do câncer de mama

Formalizada denúncia de comercial que gerou revolta em profissionais de Enfermagem


Na noite de 1/10, os profissionais de Enfermagem em São Paulo foram surpreendidos por uma inserção publicitária em horário nobre da TV aberta, na qual uma enfermeira graduada em uma “faculdade baratinha” é retratada como pessoa frustrada, sem credibilidade no trabalho e cujo diploma é tão insignificante que chega a ser encoberto por uma fotografia.
O filme, elaborado por uma grande agência de publicidade contratada por uma universidade particular da cidade de São Paulo, embora não aparente ter como propósito denegrir qualquer categoria profissional, provocou efeitos indiretos, entre os quais a conotação pejorativa não apenas de uma enfermeira, mas de todos os profissionais de Enfermagem, especialmente os que não cursaram esta instituição de ensino superior.
Imediatamente o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo recebeu diversas reclamações de profissionais, inclusive conselheiros, que se sentiram ofendidos pelo filme. “Existem hoje em todo o País milhares de enfermeiros e enfermeiras formados em outras instituições de ensino superior particulares que merecem o mesmo respeito dado aos graduados em qualquer outra instituição, seja pública ou privada”, enfatiza Mauro Antonio Pires Dias da Silva, Presidente do COREN-SP.
Ações
No dia seguinte à primeira veiculação, o Presidente do Conselho enviou uma carta à reitora da universidade solicitando que a campanha não fosse mais veiculada. Também foram tentados contatos adicionais por email e telefone. O COREN-SP não obteve qualquer resposta.
Diante do silêncio da instituição de ensino, na última segunda-feira o COREN-SP formalizou uma reclamação no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), que instaurou o processo ético nº 287/12.
Em resposta ao COREN-SP, o Conar informou que o julgamento do processo ocorrerá brevemente e, tão logo seja possível, a decisão estará disponível em seu site (www.conar.org.br), no link Notícias.
O departamento jurídico do COREN-SP também está avaliando outras medidas cabíveis.
Sobre o Conar
É o órgão fiscalizador do ponto de vista ético da prática de propaganda no Brasil. Atua mediante denúncias, que podem ser feitas por qualquer pessoa física ou jurídica pelo site www.conar.org.br

fonte: http://inter.coren-sp.gov.br/node/8584

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Alimentos Termogênicos




Os alimentos termogênicos são aqueles que quando passam pelo processo de digestão geram um gasto maior de energia, devido as suas propriedades, e por isso aceleram o metabolismo e de certa forma contribuem com o emagrecimento. Porém é importante deixar claro que só consumir estes alimentos não vai adiantar, é preciso antes de mais nada ter uma alimentação adequada e praticar exercícios físicos.

A seguir vou comentar um pouco sobre alguns alimentos considerados termogênicos que você poderá incluir em seu cardápio para dar uma forcinha no processo de emagrecimento.
Não existe uma recomendação estabelecida sobre a quantidade a ser ingerida desses alimentos, são apenas indicações. Outra coisa importante a ressaltar é que o consumo desses alimentos só deve acontecer se você não tiver nenhuma restrição médica.

Pimenta


A pimenta vermelha (caiena) possui uma substância chamada capsiacina que de acordo com um estudo realizado, mostrou que o consumo frequente (3g por dia) pode aumentar o metabolismo em até 20%. Você pode utilizar essa quantidade para temperar salada e outros pratos.

Chá verde

O chá verde possui muitos benefícios ao organismo, entre eles a prevenção de doenças e colabora com bom funcionamento do trânsito intestinal, além de acelerar o funcionamento do metabolismo. Comece com 1 xícara de chá de cinco a dez minutos antes das refeições.

Gengibre

Assim como a pimenta, se for consumido frequentemente também pode aumentar 20% o metabolismo. Você pode mastigar um pedacinho por dia ou preparar um chá ou ainda incluir em sucos. O gengibre também é muito utilizado para enjôo.

Água gelada

Beber de 8 a 10 copos de água gelada por dia queima cerca de 200 calorias, pois é preciso elevar a temperatura da água gelada no organismo e isso gera um gasto de energia maior.

Canela

A canela melhora o sistema imunológico e também tem poder termogênico. Você pode colocar uma pitada de canela no café ou em frutas. Por exemplo, que tal uma banana ou maçã no microondas com gotinhas de adoçante e canela?
É bom esclarecer que a ingestão exagerada destes alimentos pode ser prejudicial. Por isso é sempre importante consultar um nutricionista, que irá elaborar um cardápio individualizado, propondo a quantidade adequada de alimentos termogênicos que você poderá consumir.
Por:
Roberta dos Santos Silva
Nutricionista-chefe do programa Cyber Diet, formada pela Universidade Católica de Santos CRN-3 14.113
fonte imagem: google imagens

DOWNLOAD LIVRO NANDA 2007/2008

LIVRO DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM - NANDA




Diagnósticos de enfermagem da NANDA: Definições e classificação 2007-2008, livro indispensável para todos aqueles que trabalham na área de enfermagem, traz 187 diagnósticos, dos quais 15 são novos e 26 revisados. Os diagnósticos seguem a Taxonomia NNN da Prática de Enfermagem. Para o download clique no link abaixo:

http://minus.com/lblJkipt1FmhDk

Outubro Rosa: o que o profissional de enfermagem pode fazer para ajudar na prevenção ao câncer de mama





Por estarem em contato direto com a população nas instituições de saúde, as equipes de enfermagem têm a oportunidade cotidiana de esclarecer a população quanto a prevenção, diagnóstico (em especial a orientação sobre como fazer o autoexame), identificação de sintomas e cuidados paliativos.
  • O profissional de enfermagem pode fazer um elo entre paciente, família e equipe multiprofissional de atendimento para melhorar a qualidade de vida do paciente.
  • A comunicação é um elemento básico do cuidar. Pode ser usada para implementação de medidas terapêuticas de enfermagem relativas ao câncer de mama.
  • Buscar conhecer profundamente o paciente terminal no sentido de valorizar seus sintomas, características pessoais, culturais e familiares para ajudar na qualidade de vida.
  • Fazer a educação permanente, própria e também da instituição de saúde, para melhorar a atuação com responsabilidade.
O conhecimento é fundamental para o diagnóstico precoce, que por sua vez é determinante para as possibilidades de cura do câncer de mama.

fonte: http://inter.coren-sp.gov.br/node/8573


Curso de Habilitação para Acesso Via Cateterismo Umbilical Venoso e Arterial - Bauru/SP

Curso de Habilitação para Acesso Via Cateterismo Umbilical Venoso e Arterial - Bauru/SP 14 e 15 de dezembro






































Público Alvo: Enfermeiros, Médicos e Graduandos do último período de Enfermagem

Curso de Habilitação para Acesso Via Cateterismo Umbilical Venoso e Arterial – BAURU

Objetivos: Habilitar enfermeiros para a inserção e manutenção do acesso venoso via cateterismo umbilical no contexto do Processo de Enfermagem, atendendo-se as determinações da Resolução Cofen nº 358 / 2009 e a resolução Cofen Nº 388/2011.

Conteúdo Programático:
- Ética e Legislação Profissional emda Terapia Intravenosa do Cateterismo Umbilical
- Anatomia dos vasos umbilicais
- Circulação fetal
- Cateteresutilizados no cateterismo umbilical
- Finalidades, vantagens
- Indicações e contra- indicações
- Manutenção do cateter umbilical
- Preparo para o procedimento
- Técnica de inserção do cateter umbilical
- Sistematização da assistência de enfermagem no atendimento ao recém-nascido com diagnóstico de enfermagem Risco para Trauma Vascular (NANDA 2012-2014) (“Complicações do cateter umbilical”)
- Intervenções de enfermagemao Rn com diagnóstico de enfermagem  Risco para Trauma Vascular no pré, trans e pós cateterismo umbilical
- Avaliação radiológica pós cateterismo umbilical
- Prática realística (passagem de um cateter em simulador)
- Avaliação:
• Teste (avaliação de conhecimento)
• Avaliação prática (simulação da cateterização umbilical)
Resolução Cofen:Nº 388/2011 -Normatiza a execução, pelo enfermeiro, do acesso venoso, via cateterismo umbilical.
Art. 1º No âmbito da equipe de Enfermagem, o acesso venoso, via cateterismo umbilical, é um procedimento privativo do Enfermeiro, observadas as disposições legais da profissão.
 Parágrafo único O Enfermeiro deverá estar dotado dos conhecimentos, competências e habilidades que garantam rigor técnico-científico ao procedimento, atentando para a capacitação contínua necessária à sua realização.

Informações 0800 7717012







sábado, 6 de outubro de 2012

Em crise de convulsão, pessoa deve ficar de lado e não pode ser segurada



Durante crise, paciente saliva muito e pode se sufocar se ficar para cima.Convulsão assusta, mas não deixa sequela; é preciso calma para socorrer.

Ver uma pessoa durante uma crise de convulsão assusta, mas é importante manter a calma e não tentar segurá-la ou tomar atitudes exageradas na tentativa de socorrê-la. Apesar de assustar, a convulsão dificilmente deixa seqüelas, como explicou o neurologista Marcelo Calderaro no Bem Estar desta quinta-feira (4).

O socorro a uma crise convulsiva é importante e cercado de diversos mitos. É importante manter a calma e colocar a pessoa em uma situação de segurança para que ela não caia ou bata a cabeça. Além disso, caso ela esteja salivando, é importante deitá-la com a cabeça de lado para evitar que ela se sufoque com a própria saliva.

Algumas pessoas acreditam que colocar objetos, como canetas, panos enrolados ou até mesmo o dedo pode ajudar a não enrolar a língua, mas isso é errado, como explicou a pediatra Ana Escobar.
A língua não pode causar engasgo e não há como ser engolida; apenas fica endurecida durante a crise assim como os outros músculos do corpo.
Fora isso, a pessoa que usa o dedo para desenrolar a língua pode se machucar já que a outra em crise convulsiva pode involuntariamente mordê-la. Além disso, não pode segurar a pessoa, não pode dar tapas, não pode dar remédios e não pode jogar água na cara de quem estiver tendo uma convulsão.

Os sintomas mais comuns das convulsões são contrações fortes por todo o corpo, principalmente nos braços e pernas, lábios azulados, olhos virados para cima, inconsciência e salivação abundante.
Ela pode ser causada por hemorragia, intoxicação por produtos químicos, falta de oxigenação no cérebro, efeitos colaterais provocados por medicamentos ou doenças como epilepsia, tétano, meningite e tumores cerebrais.

O Bem Estar mostrou a história do Eduardo Caminada Júnior (veja no vídeo ao lado), que tem epilepsia. A primeira crise foi aos três anos de idade e, com 27 anos, ele descobriu uma lesão profunda no cérebro. Mesmo com o problema, ele procura viver da melhor maneira possível.
Segundo o Eduardo, existe muito preconceito dos próprios pacientes que têm a doença porque eles acabam se limitando e usando a epilepsia para não seguir em frente.
Convulsão febril
Segundo a pediatra Ana Escobar, esse tipo de convulsão é igual às outras, mas acontece somente com crianças entre 5 meses e 5 anos, quando o cérebro ainda não está totalmente formado e não consegue reconhecer completamente os estímulos.
Existem fatores genéticos que predispõem para a ocorrência da convulsão febril, porém infecções virais, como as gripes e os resfriados, bem como as infecções bacterianas, como infecção de ouvido, sinusite, pneumonia são doenças que podem levar à convulsão por apresentarem febre na sua evolução.
Se a criança começa a ter febre forte, é preciso baixá-la o mais rápido possível para evitar uma possível convulsão. Segundo a pediatra Ana Escobar, um banho morno pode ajudar a baixar a febre entre 37 e 38 graus. A partir dos 38 graus, já é sinal para usar medicamentos, como o paracetamol, dipiroma e o ibuprofeno. Mas mesmo com a febre alta, nem toda criança vai convulsionar. Se acontecer, é preciso ir rapidamente para o hospital.

fonte: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2012/10/em-crise-de-convulsao-pessoa-deve-ficar-de-lado-e-nao-pode-ser-segurada.html

fonte imagem: google imagens


quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Novo Curso Pals Porto Velho 24 e 25 Novembro 2012


Novo Curso Pals Porto Velho 24 e 25 Novembro 2012


Pediatric Advanced Life Support
Novas diretrizes Americam Heart Association 2010
Certificado por Americam Heart Association
Data:  24 e 25 Novembro  (sábado e domingo)  2012
 Local:Hotel Aquaruius
Rua México, 21 41
Porto Velho
Público Alvo:
- Médicos, Enfermeiros e Graduandos do Sexto Ano de Medicina
- Médicos de outras  especialidade que desejam   se aprimorar  em  Emergências
e Urgências  Pediátricas
Material de Estudo: Manual do  PALS  da American Heart Association/CD
Curso teórico/prático
Investimento:5x 330,00 + R$ 60,00 (taxa sedex para envio do livro) cartões Visa e Mastercard e cheques pré – datados ou depósito a vista em conta corrente com 5% de desconto.
Informações e Inscrições: 0800 771 7012 para reserva de vagas.


Curso de Habilitação para Acesso Via Cateterismo Umbilical Venoso e Arterial – Ribeirão PretoHabilitação para Acesso Via Cateterismo Umbilical Venoso e Arterial Data:24 e 25 Novembro 2012 Local:Hotel Taiwan Rua Lafaiete, 1370 Ribeirão Preto Investimento: 3xR$ 149,00 (cheques pré -datados, Cartões Visa e Master Card). Carga Horária:20h Público Alvo: Enfermeiros, Médicos e Graduandos do último período de Enfermagem Instrutora:Profª Ms. Luciene Muniz Braga Enfermeira Especialista em Controle de Infecção Hospitalar. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas. Mestre em Ciências da Saúde – Área de concentração Pediatria-Instituto dos Servidores do Estado de Minas Gerais, IPSEMG Título da dissertação: Cateter Central de Inserção Periférica CCIP: Investigação Prospectiva em Recém-nascidos Submetidos à Terapia Intravascular, Ano de Obtenção: 2006. Professora Assistente do Departamento de Medicina e Enfermagem da Universidade Federal de Viçosa-UFV. Instrutora de Cursos Picc desde 2003 Tariner em Picc pela BD.




Habilitação para Acesso Via Cateterismo Umbilical Venoso e Arterial
Data:24 e 25 Novembro 2012
Local:Hotel  Taiwan Rua Lafaiete, 1370  Ribeirão Preto
Investimento: 3xR$ 149,00 (cheques pré -datados, Cartões Visa e Master Card).
Carga Horária:20h
Público Alvo: Enfermeiros, Médicos e Graduandos do último período de Enfermagem
Instrutora:Profª Ms. Luciene Muniz Braga
Enfermeira Especialista em Controle de Infecção Hospitalar. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas.
Mestre em Ciências da Saúde – Área de concentração Pediatria-Instituto dos Servidores do Estado de Minas Gerais, IPSEMG Título da dissertação: Cateter Central de Inserção Periférica CCIP: Investigação Prospectiva em Recém-nascidos Submetidos à Terapia Intravascular, Ano de Obtenção:2006.
Professora Assistente do Departamento de Medicina e Enfermagem da Universidade Federal de Viçosa-UFV.
Instrutora de Cursos Picc desde 2003
Tariner em Picc pela BD.
Conteúdo Programático:
- Ética e Legislação Profissional emda Terapia Intravenosa do Cateterismo Umbilical
- Anatomia dos vasos umbilicais
- Circulação fetal
- Cateteresutilizados no cateterismo umbilical
- Finalidades, vantagens
- Indicações e contra- indicações
- Manutenção do cateter umbilical
- Preparo para o procedimento
- Técnica de inserção do cateter umbilical
- Sistematização da assistência de enfermagem no atendimento ao recém-nascido com diagnóstico de enfermagem Risco para Trauma Vascular (NANDA 2012-2014) (“Complicações do cateter umbilical”)
- Intervenções de enfermagemao Rn com diagnóstico de enfermagem  Risco para Trauma Vascular no pré, trans e pós cateterismo umbilical
- Avaliação radiológica pós cateterismo umbilical
- Prática realística (passagem de um cateter em simulador)
- Avaliação:
• Teste (avaliação de conhecimento)
• Avaliação prática (simulação da cateterização umbilical)
Resolução Cofen:Nº 388/2011 -Normatiza a execução, pelo enfermeiro, do acesso venoso, via cateterismo umbilical.
Art. 1º No âmbito da equipe de Enfermagem, o acesso venoso, via cateterismo umbilical, é um procedimento privativo do Enfermeiro, observadas as disposições legais da profissão.
 Parágrafo único O Enfermeiro deverá estar dotado dos conhecimentos, competências e habilidades que garantam rigor técnico-científico ao procedimento, atentando para a capacitação contínua necessária à sua realização.
Informações 0800 7717012
vivo (14) 9745 7635/9795 0190
oi (14) 8820 1016
claro(14)9135 6614
tim (14)8134 7696
Para se matricular, preencha a ficha de inscrição e nos encaminhe.
Caso você optar por cartão de crédito deverá ligar de fixo no 0800 771 1012  para efetuar o pg.
Pagamento com cheques-pré datados: A 1ª parcela deverá ser paga através de depósito/transferência em conta corrente, as outras 02 parcelas, com cheques pré-datados para 30/60 dias da data do curso e poderão ser entregues no dia do evento.
Dados Bancários: Banco do Brasil Ag 0133-3 C/C 22361-1  Favorecida: Zamignan & Zamignan
CNPJ 11.126.367/0001-72 .
Enviar comprovante para atendimento@cursosfutura.com.br ou fax 14 -3496 1016