Aqui você encontra informações sobre primeiros socorros, atendimento pré hospitalar, entre outros de maneira simples e fácil de entender, visite as páginas, se precisar de alguma ajuda, informação, sugestão, parcerias, entre em contato através do e-mail t.enfermagemresgate@gmail.com.
Um abraço e fiquem com Deus
Thais

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

ESTADO DE CHOQUE


O estado de choque é um distúrbio
hemodinâmico que causa perfusão orgânica e
oxigenação tecidual inadequadas.
A circulação pode ser comparada a uma
sistema hidráulico fechado onde, o coração faz
o papel de bomba; as artérias, veias e capilares
fazem o papel de canos e o sangue corresponde
ao líquido que é bombeado pelo sistema pela
ação da bomba.
O líquido circulante flui a uma presssão
constante que o distribui em todas as partes do
sistema de uma maneira equilibrada. Um dano
em um dos três componetes (bomba, canos e
lìquido) pode levar a perda de pressão e falência
do sistema, fazendo com que os tecidos fiquem
sem receber sangue oxigenado adequadamente
levando a vítima a uma condição chamada
Choque.

COMO IDENTIFICAR O ESTADO DE CHOQUE

Os sinais de choque incluem:
• Alteração do estado mental
∗ Agitação
∗ Ansiedade
∗ Fadiga
∗ Confusão
• Pele fria, úmida e pálida
• Estremidades frias e pálidas
• Náusea e vômito
• Respiração rápida e superficial
• Inconsciência

Como Atender
Mesmo que os sinais de choque não
estejam presentes, atenda todas as vítimas
seriamente feridas ou de males súbitos para o
choque
• Coloque a vítima deitada de cóstas.
• Eleve as penas cerca de 30 centímetros se
não houver suspeita de lesão na coluna.
• Cubra a vítima com cobertores ou mantas
térmicas para mante-la aquecida.