Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Cuidados em inundações

Nem sempre as ameaças naturais podem ser prevenidas, mas é possível diminuir seu impacto ao reduzir a vulnerabilidade da população. Confira algumas dicas para agir em situações de inundações.

1 - Afaste-se dos leitos dos rios, pois com o aumento da velocidade da água novos deslizamentos das margens poderão ocorrer devido ao processo de erosão.

2 - Fique atento para quaisquer sinais de deslizamentos, barulhos e ruídos, inclinação de árvores ou postes, rachaduras, trincamento de espelhos, portas e janelas emperradas ou com dificuldade de abertura.

3 - Evite transitar com veículos pelas ruas e estradas afetadas e, principalmente, por pontes às quais necessitarão de avaliação de sua estrutura

4 - Não consumir água nem alimentos da área inundada, pois poderão estar contaminados.

5 - Evite qualquer tipo de contato com a água das inundações para minimizar o risco de infecção e doenças como a leptospirose.

6 - Quando inevitável o contato com a água da inundação, utilize sempre botas e luvas de borracha, ou saco plástico duplo, durante a limpeza da lama.

7 - Em meio a inundações, evite deslocamentos longos e solitários, principalmente por locais desertos e inóspitos.

8 - No caso de falta de energia elétrica, não utilize velas próximas às cortinas e janelas abertas. Apagá-las antes de dormir e fechar o registro de gás

9 - Mantenha-se sempre informado dos acontecimentos pela imprensa e permaneça em contato com as Secretarias Municipais de Defesa Civil e de Saúde.

10 - Consulte previamente o Plano de Contingência da Família no campo Destaques do site do Departamento Geral de Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro (www.dgdec.defesacivil.rj.gov.br), e aprenda a fazer o seu Plano de Emergência, sua Mochila de Emergência (veja edição 77) e sua Caixa de Emergência familiar.











Fonte: Paulo Renato Martins Vaz - coronel do CBMERJ, diretor-geral da Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro – DGDEC (Departamento Geral de Defesa Civil)
http://www.revistaemergencia.com.br/dicas_de_emergencia/

Fonte imagem: Google imagens