Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Curso de Habilitação para Acesso Via Cateterismo Umbilical Venoso e Arterial - Bauru/SP

Curso de Habilitação para Acesso Via Cateterismo Umbilical Venoso e Arterial - Bauru/SP 14 e 15 de dezembro






































Público Alvo: Enfermeiros, Médicos e Graduandos do último período de Enfermagem

Curso de Habilitação para Acesso Via Cateterismo Umbilical Venoso e Arterial – BAURU

Objetivos: Habilitar enfermeiros para a inserção e manutenção do acesso venoso via cateterismo umbilical no contexto do Processo de Enfermagem, atendendo-se as determinações da Resolução Cofen nº 358 / 2009 e a resolução Cofen Nº 388/2011.

Conteúdo Programático:
- Ética e Legislação Profissional emda Terapia Intravenosa do Cateterismo Umbilical
- Anatomia dos vasos umbilicais
- Circulação fetal
- Cateteresutilizados no cateterismo umbilical
- Finalidades, vantagens
- Indicações e contra- indicações
- Manutenção do cateter umbilical
- Preparo para o procedimento
- Técnica de inserção do cateter umbilical
- Sistematização da assistência de enfermagem no atendimento ao recém-nascido com diagnóstico de enfermagem Risco para Trauma Vascular (NANDA 2012-2014) (“Complicações do cateter umbilical”)
- Intervenções de enfermagemao Rn com diagnóstico de enfermagem  Risco para Trauma Vascular no pré, trans e pós cateterismo umbilical
- Avaliação radiológica pós cateterismo umbilical
- Prática realística (passagem de um cateter em simulador)
- Avaliação:
• Teste (avaliação de conhecimento)
• Avaliação prática (simulação da cateterização umbilical)
Resolução Cofen:Nº 388/2011 -Normatiza a execução, pelo enfermeiro, do acesso venoso, via cateterismo umbilical.
Art. 1º No âmbito da equipe de Enfermagem, o acesso venoso, via cateterismo umbilical, é um procedimento privativo do Enfermeiro, observadas as disposições legais da profissão.
 Parágrafo único O Enfermeiro deverá estar dotado dos conhecimentos, competências e habilidades que garantam rigor técnico-científico ao procedimento, atentando para a capacitação contínua necessária à sua realização.

Informações 0800 7717012