"Orem também para que Deus nos livre das pessoas más e perversas, pois nem todos creem na mensagem. Mas o Senhor Jesus é fiel. Ele lhe dará forças e os livrará do maligno." 2 Tessalonicenses 3 2-3

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Tipos de Fraturas


Fraturas podem se classificadas de acordo com sua exteriorização e com a lesão no osso afetado.

Fratura Fechada ou Interna
São as fraturas nas quais os ossos quebrados permanecem no interior do membro sem perfurar a pele. Poderá, entretanto romper um vaso sanguíneo ou cortar um nervo.

Fratura Aberta ou Exposta
São as fraturas em que os ossos quebrados saem do lugar, rompendo a pele e deixando exposta uma de suas partes, que pode ser produzida pelos próprios fragmentos ósseos ou por objetos penetrantes.
Este tipo de fratura pode causar infecções.

Fratura em Fissura
São aquelas em que as bordas ósseas ainda estão muito próximas, como se fosse uma rachadura ou fenda.

Fratura em Galho Verde
É a fratura incompleta que atravessa apenas uma parte do osso. São fraturas geralmente com pequeno desvio e que não exigem redução; quando exigem, é feita com o alinhamento do eixo dos ossos. Sua ocorrência mais comum é em crianças e nos antebraços (punho).

Fratura Completa
É a fratura na qual o osso sofre descontinuidade total.

Fratura Cominutiva
É a fratura que ocorre com a quebra do osso em três ou mais fragmentos.

Fratura Impactada
É quando as partes quebradas do osso permanecem comprimidas entre si, interpenetrando-se.

Fratura Espiral
É quando o traço de fratura encontra-se ao redor e através do osso. Estas fraturas são decorrentes de lesões que ocorrem com uma torção.

Fratura Oblíqua
É quando o traço de fratura lesa o osso diagonalmente.

Fratura Transversa
É quando o traço de fratura atravessa o osso numa linha mais ou menos reta.

fonte:
Manual de Primeiros Socorros. Rio de Janeiro.Fundação Oswaldo Cruz, 2003.  Ministério da Saúde
170p.1. Primeiros Socorros.2. Atendimento emergencial.