Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

quinta-feira, 8 de março de 2012

Sinais e Sintomas da Desidratação e seu Tratamento


O risco de ter uma desidratação é maior no verão, pois nessa estação do ano transpiramos mais e existem mais chances de se comer uma comida estragada por má
conservação.

O que é

A desidratação se caracteriza pela perda de líquidos e sais minerais do corpo. Quando o organismo está funcionando normalmente perde-se em média 2,5 litros de água por dia, seja pela urina e fezes, seja pelo suor ou pela respiração. Essa perda pode se tornar excessiva por vários motivos. O simples aumento da transpiração ou uma intoxicação alimentar podem ser fatores determinantes na hora de se ficar doente.

O que Aconteçe?

Uma pessoa desidratada fica com sede, com a boca e mucosas secas, olhos ressecados e fica muito tempo sem urinar. Existem algumas coisas que você pode fazer para prevenir a desidratação, como usar roupas leves, ingerir constante mente líquidos, não comer alimentos que tenham ficado muito tempo fora da geladeira.

Combatendo a desidratação

Para tratar a desidratação, os médicos contam com várias estratégias. Em casos simples, a ingestão de água já é suficiente. Quadros mais graves exigem que seja ingerida água misturada a alguns sais (soro oral), pois estes também são perdidos junto com a água toda vez que nos desidratamos, além de facilitarem a entrada da água dentro do organismo. Casos ainda mais graves podem fazer com que seja necessário colocar a água, misturada a sais e outras substâncias, diretamente dentro dos vasos sanguíneos (soro intravenoso).


Para que serve o soro?

A função do soro caseiro, dado por via oral, é repor água e sais minerais perdidos com os vômitos e diarréia.

Quando devo tomar o soro?

O soro deve ser tomado à vontade, a cada 20 minutos, e após cada evacuação líquida ou vômito.

Como Preparar o soro com a colher-padrão (disponível em todo posto de saúde)

Preparando o soro caseiro com a colher-padrão
Para evitar erros na concentração, a UNICEF preconiza a utilização de uma colher-padrão (disponível em todo posto de saúde) que apresenta as medidas para a preparação do soro:

• duas medidas rasas de açúcar (medida maior da colher-padrão);

• uma medida rasa de sal (medida menor da colher-padrão);

• um copo (200ml) de água filtrada e/ou fervida.

Preparando o soro caseiro sem a colher-padrão
Caso você não possua a colher-padrão, pode fazer o seguinte:

Modo 1: com uma balança de cozinha
• 40g de açúcar (o soro caseiro tem 40g de açúcar comum, que é sacarose - esta se desdobra em 20g de frutose e 20g de glicose – somente essa é útil na absorção do sódio);

• 3,5g de sal;

• 1 litro de água filtrada e/ou fervida.

Modo 2: com as próprias mãos
• três pitadas de açúcar (alguns textos descrevem como um punhado);

• uma pitada (de três dedos) de sal;

• um copo (200ml) de água filtrada e/ou fervida.

Obs: Não se esqueça de lavar as mãos antes de preparar o soro!

Mas Atenção!!

1. Se o vômito ou a diarréia continuarem, procure imediatamente o posto médico mais próximo de sua casa. Lembre-se: desidratação mata!

2. Temos também disponibilizado nos postos de saúde, o soro para reidratação oral. Um pacote deve ser dissolvido em um litro de água filtrada. Tenha sempre em casa.

Fonte:
http://www.pediatriabrasil.com.br/2010/10/como-preparar-o-soro-caseiro.html
http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=4887&ReturnCatID=763
http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/03/soro-caseiro-contra-desidratacao-so-e-recomendado-em-caso-de-emergencia.html
http://enfermagemurgenciaemergencia.blogspot.com/2011/01/doencas-de-verao-desidratacao.html