Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Ministério da Saúde aprova planos contra dengue de 1.159 Municípios


O Ministério da Saúde aprovou projetos de 1.159 Municípios para ações contra a dengue. Os municípios, que concentram 100 milhões de habitantes, receberão valores 20% acima do Teto de Vigilância e Promoção à Saúde para desenvolverem planos de controle da dengue, que incluem a qualificação da prevenção e do controle da doença.
Os municípios que receberão o reforço orçamentário anti-dengue estão listados neste informe do Ministério da Saúde.
De acordo com a enfermeira Rita Borges, do Programa de Prevenção e Controle da Dengue do Mato Grosso, por estar em contato constante com os pacientes, o profissional de enfermagem deve ter a dengue sempre em mente, notando rapidamente os sintomas. “É necessário notificar os casos e acompanhar o processo na vigilância epidemiológica e ambiental”, afirma ela. “O paciente vai ter os sintomas clássicos. Mas depois que ele melhora, pode manifestar a dengue hemorrágica. É necessário pedir para o paciente que ele retorne à unidade de saúde de 3 a 4 dias depois, quando pode haver a complicação”.
Caso o paciente não volte, os enfermeiros, principalmente de PSFs, em seu trabalho junto às associações de moradores, devem ir até o paciente para que seja garantida assistência a tempo.
Até o final de novembro, foram notificados 742.364 casos suspeitos de dengue em todo o país, redução de 25% em um ano.

fonte:
http://inter.coren-sp.gov.br/node/6912
Ministério da Saúde e Coren-MT