Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Esclareça suas dúvidas sobre o uso da cadeirinha de bebê em seu carro


Desde o ano passado é lei: crianças de até 7 anos e meio de idade devem sentar em assentos especiais para andar de carro. Aprenda a usá-los corretamente
Mamães motoristas, fiquem atentas! Além de colocar a segurança do seu pequeno em risco, desrespeitar a obrigatoriedade da cadeirinha pode acarretar multa por infração gravíssima, segundo o Código de Trânsito Brasileiro. A medida é extremamente importante, pois com o uso correto dos assentos a chance de um bebê sair ileso de um acidente aumenta em 70%! Se você tem dúvidas na hora de escolher qual o modelo ideal, confira as informações abaixo e trafegue com total segurança na companhia do seu filhote.

Até 1 ano
Indicação: bebê-conforto.

Peso: crianças com até 9 kg.

Importância: nessa fase, o bebê ainda não consegue se sentar e nem tem firmeza no pescoço para equilibrar a cabeça. O bebê-conforto ajuda a amortecer o impacto em caso de freadas bruscas.

Como usar: instale no assento traseiro, de modo que a criança fique de costas para o banco da frente. Ao ajustar o cinto de segurança do equipamento, deixe um folga de 2 cm entre a fita e o corpo dele.

Entre 1 e 4 anos
Indicação: cadeirinhas de segurança (com encosto e cinto próprios).

Peso: crianças entre 9 e 16 kg.

Importância: Seu filho já sabe sentar e tem reflexos quanto ao trânsito. A cadeirinha reforça a segurança, pois tem encosto para a cabeça e apoios laterais.

Como usar: no banco traseiro, posicionada de frente para o painel. A cadeirinha é presa ao cinto de segurança do carro e a criança utiliza o cinto próprio do equipamento.

Entre 4 e 7 anos e meio
Indicação: assentos de elevação.

Peso: crianças entre 16 e 24 kg.

Importância: evita que o cinto de segurança do carro fique na altura do pescoço da criança.

Como usar: no banco traseiro, atrás do banco do motorista ou do passageiro.

Acima de 7 anos e meio
As crianças devem ser transportadas no banco traseiro e com cinto de segurança, claro!

FIQUE DE OLHO!
Em caso de colisão, a cadeirinha deve ser imediatamente substituída por um modelo novo. Mesmo aquelas batidas sem dano aparente podem enfraquecer ou danificar itens de segurança do equipamento. Por isso, evite comprar cadeirinhas usadas, sem que você tenha total conhecimento sobre sua procedência.

Fonte: Equipe Petrobras em agosto de 2011
http://mdemulher.abril.com.br/familia/especial/de-carona-com-elas/cadeirinha-esclareca-suas-duvidas.shtml