Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Trabalho da Enfermagem da Equipe Transfusional


•Perguntar ao paciente seu nome completo (caso tenha condições de responder) ou a enfermagem do andar.

•Conferir o nome relatado com os dados do rótulo da bolsa e da prescrição.

•Certificar a indicação da transfusão na prescrição médica.

•Aferir e anotar os sinais vitais pré e pós transfusão.

•Anotar horário do início e término da transfusão.

•Instalar o hemocomponente, mantendo íntegro o sistema até o final do procedimento.

•Instruir a equipe de enfermagem do andar para não infundir nenhum tipo de medicamento concomitantemente com a transfusão (exceto solução fisiológica 9%).

•Atentar para que o início da transfusão não exceda 30 minutos após o recebimento da bolsa.

•Controlar a transfusão para que seu tempo máximo não ultrapasse 4 horas.

•Permanecer os primeiros 15 minutos da transfusão observando o paciente.

•Atentar para sinais de Reação Transfusional.

•Relatar a evolução da Reação Transfusional apresentada.

•Preferir, sempre que possível , transfundir no período diurno.

•Assinar e carimbar no término da evolução transfusional.

•Colar etiqueta referente ao hemocomponente no prontuário do paciente.

•Conferir se a contra-capa do pontuário já tem a etiqueta de tipagem do paciente (grupo sanguíneo e fator Rh).

•Devolver o hemocomponente ao Serviço de Hemoterapia caso o mesmo não tenha sido utilizado.

•Após concluída a transfusão recolher a bolsa e encaminhar para o serviço de Hemoterapia para ser autoclavada.


Conduta da Enfermagem frente à Intercorrência na Transfusão:

•Parar imediatamente a transfusão.

•Ocluir a extremidade do equipo da transfusão do hemocomponente.

•Manter o acesso venoso com solução salina 0,9 % com gotejamento moderado.

•Verificar sinais vitais e anotar no prontuário do paciente.

•Comunicar ao médico de plantão e ao Serviço de Hemoterapia.

•Fazer relato da Reação Transfusional e conduta adotada pelo médico.


Conduta Imediata, após assistir ao paciente:

1 - Equipe que prestou a assistência ao paciente - Enfermagem:

•Coletar amostra de sangue do paciente para reavaliação / retestagem.

•Coletar amostra de urina do paciente para pesquisar presença de elementos anormais (hemoglobinúria).

•Encaminhar o hemocomponente com o equipo (na caixa térmica apropriada) ao Serviço de Hemoterapia.

•Manter amostra de urina fora da caixa térmica e encaminhá-la ao Laboratório Central.

•Anotar no prontuário do paciente todos estes dados.

2 – Pelo Banco de Sangue (Imunohematologia):

•Receber a bolsa de sangue e equipo enviados para análise.

•Realizar os exames imunohematológicos e hemocultura.

•Comunicar os resultados dos exames solicitados, tão logo os tenha, ao médico assistente, ao responsável Técnico do Serviço de Hemoterapia e ao responsável pela Hemovigilância (que fará relatório para a Gerência de Risco e para a ANVISA).

fonte: http://www.hse.rj.saude.gov.br/profissional/clin/hemo.asp