Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Cuidados essenciais para evitar erros na enfermagem


A identificação do paciente (adesivo ou pulseira) garante a equipe de enfermagem acompanhar o andamento da assistência ao paciente: medicamentos tomados, exames e procedimentos realizados

Ter acesso ao prontuário médico do paciente para seguir os passos do atendimento

Higienização das mãos dos profissionais: evita transmissão de infecções

Saber como e quando se deve usar catéteres e sondas na hora de dar remédios ou passar alimentação

Em casos de cirurgia, cabe ao enfermeiro conferir o local da intervenção, se o prontuário está correto, se os materiais estão na sala cirúrgica, se o carrinho de emergência está correto

Garantir administração segura de injeções de sangue na veia: se o material e o sangue são compatíveis, assim como as condições de energia

Passar todas as informações sobre os pacientes, ao profissional que o substitui em troca de turnos. Isso impede repetição ou omissão de procedimentos

- Prevenir quedas, tanto em pacientes graves, quanto em não graves. Manter as grades da cama elevadas e cuidados na locomoção evitam a maioria dos casos

Prevenir lesões na pele, em pacientes que estão imobilizados, conhecidas como úlceras ou lesões por pressão. Essas feridas podem evoluir para sérios quadros infecciosos de pele

Fontes: Claudio Alves Porto, presidente do Conselho Regional de São Paulo; Ligia Canteras, enfermeira da Unifesp; e Lei nº 7.498/86 do exercício da enfermagem

http://noticias.r7.com/saude/noticias/entenda-as-funcoes-de-cadaprofissional-da-area-de-enfermagem-20120204.html