Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

SAMU Fluvial de Manaus representará o Brasil no Internal Medicine 2011


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192), da Prefeitura de Manaus, irá representar o Brasil no Internal Medicine 2011, Congresso promovido anualmente pela American College of Physicians e que acontece em abril, em San Diego, na Califórnia (EUA). O trabalho que será apresentado destaca um serviço que só existe em Manaus, atuando dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde: o SAMU Fluvial, que atende as comunidades ribeirinhas.
O trabalho intitulado "A Dinâmica de Atendimento do SAMU nas Hidrovias Manauenses" ganhou o direito de representar o País, após ser selecionado entre 107 trabalhos nacionais apresentados no 1o Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência, ocorrido este mês, em São Paulo.
Na avaliação do secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o prêmio de 1o lugar obtido no evento é reflexo do processo de reestruturação e valorização pelo qual passou o SAMU, a partir de 2009, início da atual administração. "Foram realizado investimentos em infraestrutura, equipamentos de ponta e capacitação dos servidores. Ficamos muito felizes com este resultado, que é um reconhecimento do trabalho de uma equipe extremamente aplicada em seu objetivo, que é prestar socorro humanizado, com qualidade técnica, independente das distâncias, típicas da nossa região", frisou o secretário.
O trabalho, apresentado pela gerente do Núcleo de Educação Permanente do SAMU Manaus, enfermeira Leda Lima Sobral, mostra o atendimento feito às 24 comunidades localizadas às margens dos rios Negro e Amazonas. "Chamamos atenção da comunidade acadêmica e de nossos colegas de outros Estados. O fato de conseguirmos alcançar uma população de 17.800 pessoas, que vive em áreas remotas, mantendo a qualidade do serviço, impressionou a todos", ressalta Leda Sobral. A frota do SAMU Fluvial é composta por 10 "ambulanchas" e 45 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de Enfermagem e arrais (condutor de barco).
O 1º Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência é promovido pela Associação Brasileira de Medicina de Urgência e Emergência (Abramurgem). No evento, foram apresentados trabalhos de todo o Brasil. O SAMU Manaus mostrou os resultados obtidos com iniciativas que são específicas do município, inéditas no país: o Laboratório de Habilidades, onde as equipes são treinadas, e o SAMU Fluvial. O trabalho do Laboratório mostrou aos participantes do Congresso, o salto de qualidade obtido pelo Núcleo de Educação em Urgência do SAMU Manaus, após a implantação da unidade. Inaugurado pela Prefeitura em janeiro deste ano, o Laboratório de Habilidades é inédito na rede nacional do SAMU.
No Internal Medicine 2011 serão apresentadas experiências de vários países que versem sobre aspectos experimentais ou clínicos voltados para a Clínica Médica (incluindo as urgências médicas). A experiência do SAMU Fluvial de Manaus será novamente apresentada pela enfermeira Leda Sobral.


fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?id=JayJA5ji