Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Notícias - Socorristas da mina San José viram exemplos de coragem


Às 23h18min de terça-feira, 12, Manuel González Pavéz ficou famoso. Ao pisar na cápsula Fênix 2 para descer onde os 33 mineiros presos sonharam por 69 noites em sair, o experiente González foi o primeiro de cinco socorristas a colocar em prática o treinamento de três dias sem descanso. Pelo rádio, mandou suas primeiras impressões do buraco onde corajosamente se enfiou:
- Estou feliz, mas louco de calor.
Ao se espalhar, a frase deu voz a um novo herói chileno. No Twitter, González foi comparado ao primeiro homem a pisar na Lua, Neil Armstrong, por ser o primeiro a descer e enfrentar o risco do desconhecido.
A verdade sobre González tem dose suficiente de curiosidade: aos 46 anos, o socorrista foi atacante do O`Higgins de Rancagua nos anos 1980. Ao chegar à mina, após 17 minutos, reencontrou-se com um velho conhecido: o mineiro Franklin Lobos, que enfrentou há 25 anos nos gramados do Chile.
González, que trabalha na Corporação Nacional de Cobre (Codelco) há 20 anos, foi o primeiro dos cinco socorristas que desceram à mina até a noite de ontem e seria o último a sair.
Antes de entrar na cápsula, González teve momentos de pompa. Ouviu do presidente Sebastián Piñera que fosse com Deus e trouxesse os rapazes de volta. Respondeu:
- Assim o faremos, presidente.
Ao todo, 17 profissionais foram treinados para entrar na Fênix, entre funcionários da Codelco e militares. O enfermeiro Roberto Ríos desceu logo em seguida, à 0h27min de quarta, e os outros três - Patricio Roblero, Patricio Sepúlveda e Jorge Bustamante - entraram na mina ao longo do dia de resgate.
Ríos tem experiência em resgate em combate e no trabalho em espaços pequenos, e já atuou no Iraque. Em entrevista à rede americana CNN, definiu o espírito da equipe:
- Estamos preparados para o pior, mas esperando o melhor - disse.
Saiba quem são os profissionais que desceram à mina:
- Manuel González Pavéz, 46 anos, trabalha desde 1998 como socorrista especializado em minas e avanço vertical.
- Roberto Ríos, 34 anos, é enfermeiro especializado em resgate de guerra e em sobrevivência e fuga de lugares confinados.
- Patricio Roblero é enfermeiro da da marinha, experiente em resgate em zonas hostis.
- Patricio Sepúlveda é paramédico e cabo da polícia chilena.
- Jorge Bustamante, 41 anos, é resgatista e especializado em operar equipamentos pesados.

O desfecho

O resgate dos 33 mineiros presos na mina San José, no norte do Chile, foi concluído com sucesso na noite desta quarta-feira, 13, com a saída de Luis Urzúa, 54 anos, topógrafo, chefe de turno e líder do grupo que ficou 69 dias sob a terra. Urzúa, que foi recebido pelo presidente chileno, Sebastián Piñera, emergiu do túnel de resgate às 21h56min.

fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?id=JayJJyjb