Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

sábado, 30 de outubro de 2010

Destaques das Diretrizes da American Heart Association 2010 para RCP - download


Esta publicação resume os principais pontos de discussão e alterações nas Diretrizes de 2010 da American Heart Association (AHA) para Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) e Atendimento Cardiovascular de Emergência (ACE). Ela foi desenvolvida para que os
profissionais que executam a ressuscitação e os instrutores da AHA possam se concentrar na ciência da ressuscitação e nas recomendações das diretrizes mais importantes ou controversas ou que resultem em mudanças na prática ou no treinamento da ressuscitação. Além disso, explica o raciocínio adotado nas recomendações.
Quer se atualizar, leia na íntegra as alterações feitas pela American Heart Association realizando o download do arquivo em pdf no link abaixo:

http://www.heart.org/idc/groups/heart-public/@wcm/@ecc/documents/downloadable/ucm_317343.pdf

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

CHOQUE SÉPTICO

CHOQUE SÉPTICO O choque séptico é definido como infecção com hipotermia ou hipertermia, taquicardia (que pode estar ausente com o advento da hipotermia), e alteração do estado neurológico, na presença de pelo menos um sinal entre os seguintes: diminuição dos pulsos periféricos, enchimento capilar prolongado > 2 segundos (choque frio) ou enchimento capilar rápido (choque quente), extremidades frias ou mosqueadas (choque frio) e diminuição do débito urinário menor que 1 ml/kg/h. A hipotensão é observada mais frequentemente na descompensação tardia.
Foi observado que, diferentemente dos adultos chocados que apresentam predominantemente alto débito cardíaco e baixa resistência vascular, crianças com choque refratário a fluidos ou resistente a dopamina apresentam diversos estados hemodinâmicos. Incluem-se: baixo débito cardíaco/alta resistência vascular sistêmica (60%), baixo débito cardíaco/baixa resistência vascular (20%) e alto débito cardíaco/baixa resistência vascular (20%). A morte na criança costuma ser mais associada à insuficiência cardíaca progressiva e não à insuficiência vascular, como em adultos. Crianças são frequentemente insensíveis a dopamina e dobutamina e podem responder à adrenalina no caso de choque refratário. Embora esses autores não tenham estudado recém-nascidos, observa-se em seu trabalho que quanto mais nova e menor a criança, maior a chance de que ela venha apresentar o padrão de baixo débito e alta resistência periférica. Especula-se que um fator determinante seja o pequeno diâmetro dos vasos periféricos. Os neonatos têm dificuldade de aumentar o seu próprio débito cardíaco, devido a uma frequência cardíaca (FC) de base elevada, eventuais alterações na volemia e diminuição da contratilidade cardíaca por outros fatores além do choque séptico, como, por exemplo, asfixia. Estendendo-se o raciocínio, o recém-nascido (RN) seria um modelo por excelência do choque séptico com padrão infantil, ou seja, baixo débito cardíaco e alta resistência
periférica.

Quer realizar o download do material completo, acesse: http://www.scribd.com/doc/13920929/CHOQUE-SEPTICO

CONGRESSOS, SEMINÁRIOS E SIMPÓSIOS PARA ENFERMAGEM OUT/NOV 2010

XVI Encontro de Enfermagem em Emergência do COBEEN
III Simpósio de Enfermagem em Emergência COBEEN – Pitágoras
Data: 22 e 23 de outubro de 2010
Horário: 8h às 18h
Local: Hotel LondriStar (Rodovia Celso Garcia Cid, Km 74, Londrina – PR)
Informações e inscrições: (11) 5834 5222 // www.cobeen.com.br // cobeen@ig.com.br


II Simpósio Multidisciplinar de Cuidados com o Paciente Oncológico – Einstein
Data: 28, 29 e 30 de outubro de 2010
Horário: das 8h às 17h
Locais: Hospital Albert Einstein (Av. Albert Einstein, 627 – Morumbi), Blue Tree Premium Morumbi (Av. Roque Petroni Junior, 1000 – Brooklin) e Cetec (Av. Prof. Francisco Morato, 4293 – Vila Sônia)
Público: profissionais da saúde, médicos, graduandos e residentes
Inscrições: www.einstein.br
Informações: (11) 2151 1233

I Curso de Atualização em Terapia Nutricional Enteral e Parenteral Adulto – Hospital Sírio-Libanês
Data: 06 e 07 de novembro de 2010
Horário: das 7:30h às 18h (dia 06) e das 8h Às 12:30h (dia 07)
Local: IEP - Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês (Rua Coronel Nicolau dos Santos, 69 – Bela Vista. São Paulo – SP)
Valor: R$ 280,00
Público: enfermeiros e graduandos
Inscrições: www.hospitalsiriolibanes.org.br/iep
Informações: (11) 3155 0245

I Congresso Internacional do Hospital São Camilo
Emergências Clínicas e Cirúrgicas
Data: 12 e 13 de novembro de 2010
Horário: 8h30 às 18h
Local: Hotel Unique – Av. Brigadeiro Luis Antônio, 4700, São Paulo, SP
Informações e inscrições: (11) 3721 9333 / (21) 3020 6171 / (31) 3231 4155 // atendimento@ellubrasil.com.br // http://saocamilo.ellubrasil.com.br


9º Congresso Brasileiro Interdisciplinar de Assistência Domiciliar
Data: 19 a 21 de novembro de 2010
Local: Centro de Convenções Rebouças, São Paulo – SP
Informações e inscrições: (11) 3670 3499 // www.ciad.com.br

CURSOS, SIMPÓSIOS, SEMINÁRIOS E PALESTRAS PARA ENFERMAGEM OUT E NOV/2010

I Simpósio de Cateteres Venosos e Terapia Intravenosa do Hospital Santa Catarina
Data: 29 de outubro de 2010
Horário: 8h às 17h
Local: Auditório do Hospital Santa Catarina
Público: Enfermeiros, técnicos, auxiliares e graduandos
Valores: enfermeiros – R$ 80,00 // técnicos e auxiliares – R$ 50,00 // estudantes – R$ 40,00 // profissionais do HSC – R$ 20,00
Informações e inscrições: (11) 3016-2465 ou 3016-2466 // www.hsc.org.br // centrodeestudos@hsc.org.br


SOBRAGEN – Atualidades na Gestão e na Prática de Enfermagem
Data: 05 de novembro de 2010
Horário: 8h às 16h
Local: CAPE – Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem
Valor: sócios – R$ 40,00 // não sócios – R$ 70,00 // estudantes – R$ 35,00
Informações e inscrições: (11) 5081 7718 // www.expansaoeventos.com.br // expansao.eventos@uol.com.br

II Jornada Enfermagem Cardiovascular
Data: 05 e 06 de novembro de 2010
Horário: 8h às 17h
Local: Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (Av. Dr. Dante Pazzanese, 500 – São Paulo/SP)
Público: enfermeiros e graduandos
Inscrições e informações: (11) 5085-6020/6076 // http://inscricoes.dantepazzanese.org.br

Simpósio Internacional de Tumores Pancreáticos e Neuroendócrinos
Data: 06 de novembro de 2010
Horário: 8:30h às 16h
Local: Hospital AC.Camargo (Rua Prof. Antônio Prudente, 211 – Liberdade)
Inscrições e informações: (11) 2189-5078 ou (11) 2189-5098 // eventos@hcancer.org.br

VII Seminário de Pesquisas em DST/Aids
Data: 09 de novembro de 2010
Horário: 9h às 17h
Local: Confort Hotel (Rua Araújo, 146 – Próximo ao Metrô República)
Inscrições e informações: (11) 3397 2205 // flaviosantos@prefeitura.sp.gov.br

II Encontro Paulista para Auxiliares e Técnicos de Enfermagem Segurança do Paciente: uma abordagem atual para o Auxiliar e o Técnico de Enfermagem
Data: 17 de novembro 2010
Horário: 8h às 18h
Local: CAPE – Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem
Valor: gratuito para associados. R$ 30,00 para não sócios
Informações e inscrições: www.abensp.org.br // www.abrate-br.org.br


Curso Análise de Contas Hospitalares e Auditoria
Data: 20 de novembro de 2010
Horário: 8h às 18h
Local: Av. Jabaquara, 1870 (UniRadial)
Valor: R$ 500,00
Informações: 5081-5856 / 5083-0724 / 7986-7980 // treinamento@cepamauditoria.com.br

Curiosidade: Você sabia que Depressão dá barriga?



Muitas pesquisas comprovam que a depressão está associada ao risco de problemas cardiovasculares, como (AVC) derrames e infartos. E esse elo estaria relacionado aos quilinhos a mais que se instalam na região abdominal.
É o que confirma um trabalho americano que será publicado na edição de maio do periódico Psychosomatic Medicine, o interessante é mais do que constatar o vínculo entre o transtorno psicológico e as artérias entupidas, pesquisadores do Centro Médico da Universidade Rush, nos Estados Unidos, tentam explicar o mecanismo por trás dele.
Segundo Lynda Powell, que conduziu a pesquisa, a culpa seria de componentes inflamatórios produzidos pelo organismo dos deprimidos, onde essas substâncias facilitam o acúmulo da gordura visceral, aquela que fica impregnada entre os órgãos do abdômen. Além disso, a depressão faz subir os níveis do hormônio cortisol, aumentando as taxas de glicose no sangue. Ou seja: muito mais gordura estocada – e risco cardiovascular nas alturas.
O pior é que quem sofre do transtorno acaba entrando em um labirinto: a depressão favorece a barriga protuberante, que, por sua vez, ajuda a agravar o quadro depressivo, bagunçando o trabalho de neurotransmissores por trás do bem-estar.
O estudo foi realizado com 409 mulheres que participaram do Women in the South Side Health Project (WISH), um trabalho sobre as alterações que ocorrem no organismo feminino durante a menopausa.

Matéria escrita por: Paula Desgualdo, fonte: http://saude.abril.com.br/edicoes/0310/corpo/conteudo_467983.shtml

História da Vigilância Sanitária no Brasil


As atividades ligadas à vigilância sanitária foram estruturadas, nos séculos XVIII e XIX, para evitar a propagação de doenças nos agrupamentos urbanos que estavam surgindo. A execução desta atividade exclusiva do Estado, por meio da polícia sanitária, tinha como finalidade observar o exercício de certas atividades profissionais, coibir o charlatanismo, fiscalizar embarcações, cemitérios e áreas de comércio de alimentos.
No final do século XIX houve uma reestruturação da vigilância sanitária impulsionada pelas descobertas nos campos da bacteriologia e terapêutico nos períodos que incluem a I e a II Grandes Guerras. Após a II Guerra Mundial, com o crescimento econômico, os movimentos de reorientação administrativa ampliaram as atribuições da vigilância sanitária no mesmo ritmo em que a base produtiva do País foi construída, bem como conferiram destaque ao planejamento centralizado e à participação intensiva da administração pública no esforço desenvolvimentista.
A partir da década de oitenta, a crescente participação popular e de entidades representativas de diversos segmentos da sociedade no processo político moldaram a concepção vigente de vigilância sanitária, integrando, conforme preceito constitucional, o complexo de atividades concebidas para que o Estado cumpra o papel de guardião dos direitos do consumidor e provedor das condições de saúde da população.

FONTE: EDUARDO, Maria Bernadete de Paula e de MIRANDA, Isaura Cristina S. de Miranda (colaboradora). Saúde & Cidadania – Vigilância Sanitária. p. 3 Instituto para o Desenvolvimento da Saúde - IDS. Núcleo de Assistência Médico-Hospitalar - NAMH/FSP e Banco Itaú. São Paulo, 1998

disponível em: http://www.anvisa.gov.br/Institucional/historia.htm

Curso de Atendimento Pré Hospitalar na Barra Bonita/SP - Dias 04 e 05 de dezembro 2010


Curso de Atendimento Pré Hospitalar na Barra Bonita. Dias 04 e 05 de dezembro, com inicio às 08h. FUNBBE - Fundação Barra Bonita de Ensino - Bloco II - FIP - Av. Pedro Ometto nº 3.555 (ao lado do portal da cidade).
Inscrições / Informações:

Janaína: 8141-6591 / 9709-4898 - janinha78@yahoo.com.br
Airton: 9709-6107 - airtonaranda@bol.com.br
Carla: 9742-1002

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Apostila - Atendimento Inicial ao Politraumatizado para download

Apostila - Atendimento Inicial ao Politraumatizado para download

Para realizar o download acesse o link abaixo:

http://www.4shared.com/get/Mqa6rarc/Apostila_-_Atendimento_Inicial.html

Protocolo - Conferência do Carrinho de Emergência download

Protocolo - Conferência do Carrinho de Emergencia download

Para realizar o download acesse o link abaixo:

http://www.4shared.com/get/5QcjaNoT/Protocolo_-_Conferencia_do_Car.html

Livro- Manual de Urgencias em Pronto-Socorro download

Livro- Manual de Urgencias em Pronto-Socorro download

Para o download acesse o link abaixo:

http://www.4shared.com/get/3U2o63g8/Livro_-_Manual_de_Urgencias_em.html

Saiba como imobilizar usando tala aramada e tala tipo multi splint




PROCEDIMENTO – COLOCAÇÃO DA TALA ARAMADA/EVA

Tamanhos
Tam. 30 x 08 cm PP.
Tam. 53 x 08 cm P.
Tam. 63 x 09 cm M.
Tam. 86 x 10 cm G.

Etapa 1

Orientar a vítima sobre o seu socorro, os procedimentos que serão realizados, deixando-a mais calma;

Etapa 2
Remover qualquer vestimenta, calçado, relógio, pulseira, meias, etc, do local que será imobilizado com a tala;

Etapa 3
Escolher a tala mais adequada ao membro afetado, que determina o tamanho para a extremidade a ser imobilizada, de forma que envolva uma articulação acima e o que compõe abaixo.

Etapa 4
O primeiro socorrista , segura a extremidade do membro afetado, exercendo firme e suave tração longitudinal;

Etapa 5
O segundo socorrista, molda as talas de acordo com a necessidade de imobilização;

Etapa 6

O segundo socorrista, coloca uma tala embaixo e de cada lado do membro afetado;

Etapa 7
O primeiro socorrista, manterá a tração suave, enquanto o segundo socorrista, envolve as talas com ataduras, no sentido distal para o proximal;

Etapa 8
Sempre após a imobilização, verificar se há pulso, perfusão periférica, cor e temperatura da vítima.

OBSERVAÇÕES


-Nem sempre é possível o alinhamento de fraturas, desse modo, o socorrista deve moldar as talas, de acordo com a necessidade de aplicação em cada vítima;

-No caso de tala moldável em espuma, colocar a face da espuma mais espessa sobre a pele e não a parte da espécie mais fina, para mais conforto do paciente, e para não lesar a pele do mesmo;

-No caso de tala moldável em E.V.A não há necessidade deste procedimento, pois o EVA é de igual espessura.



TALA TIPO MULTI SPLINT

Talas tipo multi splint é apresentada em um Kit com 10 imobilizadores
para membros: joelho, perna, tornozelo, braço, antebraço, punho e mão.
De fácil aplicação, reduz significativamente o tempo do atendimento, agilizando
o transporte da vítima ao hospital. Uso adulto e infantil.
Confecção: Os imobilizadores são confeccionados em espuma de polietileno. Possuem
sistema de fechamento em velcro que agiliza o processo de imobilização.
Material leve e radiotransparente.
Acessórios: Os imobilizadores são acondicionados em bolsa com alça de mão
para o transporte.
Conteúdo do kit:
03 imobilizadores de joelho (01 infantil e 02 adulto)
03 imobilizadores de perna e tornozelo (01 infantil e 02 adulto)
02 imobilizadores de braço e antebraço (01 infantil e 01 adulto)
02 imobilizadores de mão e punho (01 infantil e 01 adulto)

As talas tipo multi splint são de fácil aplicação, tem tamanhos adulto e infantil, e são classificadas de acordo com o membro afetado, o socorrista deve observar o membro afetado e determinar a tala indicada a ser colocada, instala a tala no membro, após é realizado o fechamento do velcro, envolvendo, e fixando a tala ao membro.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

EVENTOS NO CAPE - Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem

O CAPE, Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem “Wanda de Aguiar Horta”, está localizado em São Paulo, à Rua Dona Veridiana, 298, no bairro Santa Cecília, São Paulo - SP

I Curso de Atendimento ao Politrauma no Pré-hospitalar
Data: 23 de outubro de 2010
Horário: 8h às 12h
Público: estudantes e profissionais da área da saúde
Local: CAPE – Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem
Informações e inscrições: (11) 3825-4037 // www.phronesissaude.com.br


Bace Healthcare - Feridas: Etiologia, Características e Diagnósticos
Evento Gratuito

Data: 26 de outubro de 2010
Horário: 9h às 12h
Local: CAPE – Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem
Público: Enfermeiros e Graduandos de 4º ano
Inscrições somente pelo site: intra.coren-sp.gov.br/curso-cape

AAFESP – Seminário 100 anos de Ciência e Ativismo para a Cura da Anemia Falciforme
Evento Gratuito

Data: 27 de outubro de 2010
Horário: 8:30h às 18h
Local: CAPE – Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem
Público: Profissionais de educação e saúde e público em geral
Inscrições somente pelo site: intra.coren-sp.gov.br/curso-cape


II Encontro Paulista para Auxiliares e Técnicos de Enfermagem
Segurança do Paciente: uma abordagem atual para o Auxiliar e o Técnico de Enfermagem

Data: 17 de novembro 2010
Horário: 8h às 18h
Local: CAPE – Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem
Valor: gratuito para associados. R$ 30,00 para não sócios
Informações e inscrições: www.abensp.org.br // www.abrate-br.org.br

ESPECIALIZAÇÃO PARA AUXILIARES E TÉCNICOS




Especialização para técnicos e auxiliares – Instituto Educacional de São Paulo – INTESP
Enfermagem Pediátrica
Enfermagem do Trabalho
Enfermagem em UTI Adulto
Enfermagem em Instrumentação Cirúrgica e CME
Assistência de Enfermagem em APH

Informações e inscrições: (11) 3253.7665 // www.intesp.com.br // atendimento@intesp.com.br

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

SOFRIMENTO EMOCIONAL, QUAIS OS SENTIMENTOS DOS SOCORRISTAS

Exposição diária a desastres amplia sentimentos de estresse e angústia, adoecendo os profissionais de emergência
"Um rapaz roubou um carro e atropelou três meninas que iam para o colégio. A gente chegou para fazer o atendimento e uma delas estava com as duas pernas quebradas. Nesse meio tempo, chegou o pai e a mãe correndo, desesperados. Nós fazíamos o atendimento e ela, agarrada na mão do pai, disse assim: Mei pai querido, eu te amo. Cuida bem do meu cachorro. A mãe dela desmaiou e eu, que sou meio chorão mesmo, enchi os olhos de lágrimas naquela hora. A gente tem filho e sente. Pensei: não posso chorar agora, eu tenho que chegar até o hospital com essa criança. Quando cheguei no hospital, eu tive que chorar, botar para fora aquilo que ficou preso. A gente é humano, a gente sente. Quando é com criança, então, pior ainda". - Relato de um profissional de emergência concedido à tese de doutorado em Psicologia de Ney Roberto Váttimo Bruck, sob o título "A Picologia das Emergências: Um estudo sobre angústia pública e o dramático cotidiano do trauma".
O cenário descrito acima está entre aqueles que mais abalam os profissionais de emergência. A presença de uma criança entre as vítimas causa comoção e pode acarretar o início de um processo de adoecimento emocional, assim como outras situações impactantes de vida e de morte. Extremamente vulneráveis, bombeiros, resgatistas, brigadistas e socorristas são expostos diariamente, por sua atividade, a experiências com excessivo sofrimento humano.
A atuação destas equipes se dá em um ambiente carregado de fatores estressantes, tanto físicos quanto psicológicos. Há dor e morte de famílias inteiras, acidentes de grande violência, perda da vítima durante o atendimento e até o óbito de colegas. Tudo isto, inevitavelmente, irá afetar não só o homem, como o profissional, implicando em prejuízos de convivência familiar e de desempenho das suas atividades.
Ib Martins Ribeiro, psicólogo especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho, tenente-coronel da reserva da PMESP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) e consultor em Psicologia de Emergências, lembra que essa condição é cotidiana e não apenas fruto de um desastre de grande magnitude.

Reportagem de Rafael Geyger
FONTE: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/edicoes/edicao_detalhe.php?id=Jyy5

Para você que acha que nós socorristas não temos sentimentos somos pessoas frias estão completamente enganados somos seres humanos sim e temos sentimentos, amamos o que fazemos e realizamos tudo com amor, agimos com a razão, não com frieza.
Enf. Thais

SAMU Fluvial de Manaus representará o Brasil no Internal Medicine 2011


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192), da Prefeitura de Manaus, irá representar o Brasil no Internal Medicine 2011, Congresso promovido anualmente pela American College of Physicians e que acontece em abril, em San Diego, na Califórnia (EUA). O trabalho que será apresentado destaca um serviço que só existe em Manaus, atuando dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde: o SAMU Fluvial, que atende as comunidades ribeirinhas.
O trabalho intitulado "A Dinâmica de Atendimento do SAMU nas Hidrovias Manauenses" ganhou o direito de representar o País, após ser selecionado entre 107 trabalhos nacionais apresentados no 1o Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência, ocorrido este mês, em São Paulo.
Na avaliação do secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o prêmio de 1o lugar obtido no evento é reflexo do processo de reestruturação e valorização pelo qual passou o SAMU, a partir de 2009, início da atual administração. "Foram realizado investimentos em infraestrutura, equipamentos de ponta e capacitação dos servidores. Ficamos muito felizes com este resultado, que é um reconhecimento do trabalho de uma equipe extremamente aplicada em seu objetivo, que é prestar socorro humanizado, com qualidade técnica, independente das distâncias, típicas da nossa região", frisou o secretário.
O trabalho, apresentado pela gerente do Núcleo de Educação Permanente do SAMU Manaus, enfermeira Leda Lima Sobral, mostra o atendimento feito às 24 comunidades localizadas às margens dos rios Negro e Amazonas. "Chamamos atenção da comunidade acadêmica e de nossos colegas de outros Estados. O fato de conseguirmos alcançar uma população de 17.800 pessoas, que vive em áreas remotas, mantendo a qualidade do serviço, impressionou a todos", ressalta Leda Sobral. A frota do SAMU Fluvial é composta por 10 "ambulanchas" e 45 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de Enfermagem e arrais (condutor de barco).
O 1º Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência é promovido pela Associação Brasileira de Medicina de Urgência e Emergência (Abramurgem). No evento, foram apresentados trabalhos de todo o Brasil. O SAMU Manaus mostrou os resultados obtidos com iniciativas que são específicas do município, inéditas no país: o Laboratório de Habilidades, onde as equipes são treinadas, e o SAMU Fluvial. O trabalho do Laboratório mostrou aos participantes do Congresso, o salto de qualidade obtido pelo Núcleo de Educação em Urgência do SAMU Manaus, após a implantação da unidade. Inaugurado pela Prefeitura em janeiro deste ano, o Laboratório de Habilidades é inédito na rede nacional do SAMU.
No Internal Medicine 2011 serão apresentadas experiências de vários países que versem sobre aspectos experimentais ou clínicos voltados para a Clínica Médica (incluindo as urgências médicas). A experiência do SAMU Fluvial de Manaus será novamente apresentada pela enfermeira Leda Sobral.


fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?id=JayJA5ji

Notícias - Socorristas da mina San José viram exemplos de coragem


Às 23h18min de terça-feira, 12, Manuel González Pavéz ficou famoso. Ao pisar na cápsula Fênix 2 para descer onde os 33 mineiros presos sonharam por 69 noites em sair, o experiente González foi o primeiro de cinco socorristas a colocar em prática o treinamento de três dias sem descanso. Pelo rádio, mandou suas primeiras impressões do buraco onde corajosamente se enfiou:
- Estou feliz, mas louco de calor.
Ao se espalhar, a frase deu voz a um novo herói chileno. No Twitter, González foi comparado ao primeiro homem a pisar na Lua, Neil Armstrong, por ser o primeiro a descer e enfrentar o risco do desconhecido.
A verdade sobre González tem dose suficiente de curiosidade: aos 46 anos, o socorrista foi atacante do O`Higgins de Rancagua nos anos 1980. Ao chegar à mina, após 17 minutos, reencontrou-se com um velho conhecido: o mineiro Franklin Lobos, que enfrentou há 25 anos nos gramados do Chile.
González, que trabalha na Corporação Nacional de Cobre (Codelco) há 20 anos, foi o primeiro dos cinco socorristas que desceram à mina até a noite de ontem e seria o último a sair.
Antes de entrar na cápsula, González teve momentos de pompa. Ouviu do presidente Sebastián Piñera que fosse com Deus e trouxesse os rapazes de volta. Respondeu:
- Assim o faremos, presidente.
Ao todo, 17 profissionais foram treinados para entrar na Fênix, entre funcionários da Codelco e militares. O enfermeiro Roberto Ríos desceu logo em seguida, à 0h27min de quarta, e os outros três - Patricio Roblero, Patricio Sepúlveda e Jorge Bustamante - entraram na mina ao longo do dia de resgate.
Ríos tem experiência em resgate em combate e no trabalho em espaços pequenos, e já atuou no Iraque. Em entrevista à rede americana CNN, definiu o espírito da equipe:
- Estamos preparados para o pior, mas esperando o melhor - disse.
Saiba quem são os profissionais que desceram à mina:
- Manuel González Pavéz, 46 anos, trabalha desde 1998 como socorrista especializado em minas e avanço vertical.
- Roberto Ríos, 34 anos, é enfermeiro especializado em resgate de guerra e em sobrevivência e fuga de lugares confinados.
- Patricio Roblero é enfermeiro da da marinha, experiente em resgate em zonas hostis.
- Patricio Sepúlveda é paramédico e cabo da polícia chilena.
- Jorge Bustamante, 41 anos, é resgatista e especializado em operar equipamentos pesados.

O desfecho

O resgate dos 33 mineiros presos na mina San José, no norte do Chile, foi concluído com sucesso na noite desta quarta-feira, 13, com a saída de Luis Urzúa, 54 anos, topógrafo, chefe de turno e líder do grupo que ficou 69 dias sob a terra. Urzúa, que foi recebido pelo presidente chileno, Sebastián Piñera, emergiu do túnel de resgate às 21h56min.

fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?id=JayJJyjb

18/OUT DIA DO MÉDICO - PARABÉNS A TODOS

Recados para Orkut



Scraps Fofo - Recados Animados para Orkut!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Saiba mais sobre a doença Gonorréia


A Gonorréia é uma doença infecciosa do trato genital, de transmissão sexual, que pode determinar desde infecção assintomática (sem sintomas) até doença que se manifesta com vários sintomas e pode causar até a morte. É apresentada de forma completamente diferente no homem e na mulher.
Gonorréia no homem - Consiste em um dos tipos mais freqüentes de uretrite masculina do qual o sintoma mais precoce é uma sensação de prurido (coçeira) na fossa navicular (inicio da uretra/ - uretra -> local onde sai a urina) que vai se estendendo para toda a uretra. Após 1 a 3 dias, o doente já se queixa de ardência ao urinar,seguida por corrimento, inicialmente mucóide que, com o tempo, vai se tornando, mais abundante e purulento. Em alguns pacientes, pode haver febre e outras manifestações de infecção aguda sistêmica. Se não houver tratamento, ou se esse for tardio ou inadequado, o processo se propaga ao restante da uretra, com o aparecimento de polaciúria (é o ato de urinar várias vezes em pequena quantidade) e sensação de peso no períneo; raramente observa-se hematúria (urina com sangue) no final da micção (ato de urinar).
Gonorréia na mulher - Embora a infecção seja sem sintomas na maioria dos casos, quando a infecção é aparente, manifesta-se sob a forma
de cervicite (inflamação do colo do útero) que, se não for tratada corretamente, resulta em sérias complicações. Uma cervicite gonocócica prolongada, sem tratamento adequado, pode se estender ao endométrio e às trompas, causando doença inflamatória pélvica, esterilidade, gravidez ectópica e dor pélvica crônica são as principais seqüelas dessas infecções.Em razão disso, é importante, como rotina, avaliação criteriosa de riscos mediante realização da anamnese e sinais clínicos observáveis ao exame ginecológico. Alguns sintomas genitais leves, como corrimento vaginal, dispareunia ou disúria (sensação de dor genital durante o ato sexual), são freqüentes na presença de cervicite mucopurulenta. O colo uterino pode ficar edemaciado (inchado), sangrando facilmente ao toque da espátula. Verifica-se presença de mucopus no orifício externo do colo. Os recém-nascidos de mães doentes ou portadoras de infecção desta etiologia no cérvice uterino podem apresentar conjuntivite gonocócica devido à contaminação no canal de parto.

Complicações - Dentre as complicações da uretrite gonocócica no
homem destacam-se: balanopostite, prostatite, epididimite, estenose uretral (rara), artrite, meningite, faringite, pielonefrite, miocardite, pericardite, septicemia. A conjuntivite gonocócica em adultos não é um quadro raro e ocorre basicamente por auto-inoculação. Também pode ocorrer a síndrome de Fitz-Hugh-Curtis (peri-hepatite gonocócica) na doença sistêmica. A orquiepididimite poderá provocar diminuição
da fertilidade, levando até mesmo esterilidade. Na mulher, quando a gonorréia não é tratada, a infecção ascendente de trompas e ovários pode caracterizar a chamada doença inflamatória pélvica , a mais importante complicação da infecção gonocócica na mulher. A DIP pode estar relacionada com endometrite, salpingite e peritonite.
Alterações tubárias podem ocorrer como complicação dessa infecção, levando 10% dos casos à oclusão das trompas de falópio e à infertilidade. Naqueles casos onde não ocorre obstrução, o risco de desenvolvimento de gravidez ectópica é bastante elevado.
Diagnóstico - Clínico, epidemiológico e laboratorial. Esse último é
feito pela coloração de Gram ou pelos métodos de cultivo. No exame bacterioscópio dos esfregaços, devem ser observados diplococos gram-negativos, arranjados aos pares. Thayer-Martin é o meio específico para a cultura. Pode-se utilizar também métodos de amplificação de ácidos nucléicos, como a ligase chain reaction, mas têm custos mais elevados, quando comparados com o gram e a cultura.
Caso você tenha algum desses sintomas procure seu médico, ou posto de saúde mais próximo pois pode ter indicios de apresentar uma gonorréia ou qualquer outra doença sexualmente transmissível.

-Sempre lembre-se use preservativos em todas as relações sexuais
-A gonorréia tem cura, é só seguir o tratamento corretamente e sem interrupções
-O diálogo é um ótimo tratamento entre os casais, sempre conversem, e sempre lembrem-se o tratamento é para os dois!

fonte: Doenças infecciosas e parasitárias: guia de bolso / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica. – 7. ed. rev. – Brasília:Ministério da Saúde, 2008.372 p.: Il.

sábado, 9 de outubro de 2010

DICAS DA DEFESA CIVIL - DEZ PASSOS ESSENCIAIS PARA CONSTRUIR CIDADES MAIS SEGURAS



DEZ PASSOS ESSENCIAIS PARA CONSTRUIR CIDADES MAIS SEGURAS:
1. Estabeleça mecanismos de organização e coordenação de ações com base na participação de comunidades e sociedade civil organizada, por meio, por exemplo, do estabelecimento de alianças locais. Incentive que os diversos segmentos sociais compreendam seu papel na construção de cidades mais seguras com vistas à redução de riscos e preparação para situações de desastres.
2. Elabore documentos de orientação para redução do risco de desastres e ofereça incentivos aos moradores de áreas de risco: famílias de baixa renda, comunidades, comércio e setor público, para que invistam na redução dos riscos que enfrentam.
3. Mantenha informação atualizada sobre as ameaças e vulnerabilidades de sua cidade, conduza avaliações de risco e as utilize como base para os planos e processos decisórios relativos ao desenvolvimento urbano. Garanta que os cidadãos de sua cidade tenham acesso à informação e aos planos para resiliência, criando espaço para discutir sobre os mesmos.
4. Invista e mantenha uma infraestrutura para redução de risco, com enfoque estrutural, como por exemplo obras de drenagens para evitar inundações, e conforme necessário, invista em ações de adaptação às mudanças climáticas.
5. Avalie a segurança de todas as escolas e postos de saúde de sua cidade, e modernize-os se necessário.
6. Aplique e faça cumprir regulamentos sobre construção e princípios para planejamento do uso e ocupação do solo. Identifique áreas seguras para os cidadãos de baixa renda e quando possível, modernize os assentamentos informais.
7. Invista na criação de programas educativos e de capacitação sobre a redução de riscos de desastres, tanto nas escolas como nas comunidades locais.
8. Projeta os ecossistemas e as zonas naturais para atenuar alagamentos, inundações, e outras ameaças às quais sua cidade seja vulnerável. Adapte-se às mudanças climáticas recorrendo a boas práticas de redução de risco.
9. Instale sistemas de alerta e desenvolva capacitações para gestão de emergências em sua cidade, realizando, com regularidade, simulados para preparação do público em geral, nos quais participem todos os habitantes.
10. Depois de qualquer desastre, vele para que as necessidades dos sobreviventes sejam atendidas e se concentrem nos esforços de reconstrução. Garanta o apoio necessário à população afetada e suas organizações comunitárias, incluindo a reconstrução de suas residências e seus meios de sutento.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
Para registrar sua atividade junto à Secretaria Nacional de Defesa Civil,
envie email para ceped@ceped.ufsc.br ou ligue para 61 3414-5536.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

É TOP 100!!!! O BLOG FOI CLASSIFICADO PARA O 2º TURNO DO PRêMIO TOP BLOG 2010.


É TOP 100!!!
ESSE BLOG FOI CLASSIFICADO PARA O 2º TURNO DO PRêMIO TOP BLOG 2010.
O INICIO DA VOTAÇÃO DO 2º TURNO É DIA 10/10/10 CONTINUEM VOTANDO NO BLOG ENFERMEIROS EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA, SEU VOTO VALE OURO! AGRADEÇO A TODOS QUE JÁ VOTARAM,E QUE IRÃO VOTAR, SEI QUE ACESSAM O BLOG, AS POSTAGENS, SE O BLOG É DE SEU AGRADO, VOTE NELE. É UM MOTIVO A MAIS PARA CONTINUAR NESSA JORNADA DE BLOGUEIRA, COLOCANDO POSTAGENS NOVAS, NOTÍCIAS, ATUALIDADES, REPORTAGENS, ENTREVISTAS..., TUDO PARA VOCÊ PÚBLICO DO BLOG ENFERMEIROS EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA. OBRIGADO.

ABAIXO O LINK DA LISTA EM QUE CONSTA QUE O BLOG ESTÁ CLASSIFICADO PARA O 2º TURNO DO PRêMIO TOP BLOG 2010


http://www.topblog.com.br/2010/index.php?pg=Top100

Prefeitura de Diadema - SP abre 451 vagas para vários cargos de até R$ 4.224,95

O Concurso Público destina-se ao provimento, mediante nomeação, dos cargos de Enfermeiro, Enfermeiro PSF, Médico - Anestesiologista Plantonista, Médico - Cardiologista Ambulatório, Médico - Cirurgião Plantonista, Médico - Cirurgião Vascular Ambulatório, Médico - Clínico Geral Ambulatório, Médico - Clínico Geral Plantonista, Médico - Endocrinologista Ambulatório, Médico - Endoscopista Ambulatório, Médico - Gastroenterologista Ambulatório, Médico - Generalista PSF Diarista, Médico - Ginecologista Plantonista, Médico - Hematologista Diarista, Médico - Intensivista Plantonista, Médico - Medicina do Trabalho Diarista, Médico - Neonatologista Plantonista, Médico - Neurologista Infantil Ambulatório, Médico - Ortopedista Plantonista, Médico - Otorrinolaringologista Ambulatório, Médico - Pediatra Plantonista, Médico - Proctologista Ambulatório, Médico - Psiquiatra Ambulatório, Médico - Psiquiatra Plantonista, Médico - Regulador Plantonista, Médico - Reumatologista Ambulatório, Médico - Serviço de Verificação de Óbitos, Médico - Socorrista Plantonista. Médico - Urologista Ambulatório, com vagas existentes e das que vierem a existir dentro do prazo de sua validade.

vagas para Enfermeiro
Pré requisito Curso superior completo e registro no conselho regional de enfermagem
salário R$ 3.283,32 - carga horária 36hrs semanais

vagas Enfermeiro PSF
Pré requisito Curso superior completo e registro no conselho regional de enfermagem
salário R$ 3.648,13 carga horária 40hrs semanais

MAIS INFORMAÇÕES ACESSE O SITE: www.vunesp.com.br

Dicas para prevenir acidentes de afogamentos


- Obedeça a sinalização dos locais perigosos e evite acidentes;
- Pergunte sempre ao guarda vidas sobre os locais apropriados para banho;
- Entre no mar com cuidado e não vá para locais de maior profundidade e perigo.
- Mantenha crianças sempre sob sua vista;
- Permaneça longe de encostas e pedras;
- Se você perceber alguém com dificuldades na água, mantenha a calma e chame imediatamente um Guarda-vidas;
- Preserve a natureza! Coloque o lixo em sacos e jogue-o nos lugares certos, não destrua nada, para poder usufruir novamente;
- Se pretender entrar no mar, rio ou lagoas, cuidado com os excessos de comida e bebida, principalmente de bebidas alcoólicas, jamais caia na água com o estômago cheio;
- Evite exageros e cuidados com o sol. O excesso de exposição traz danos à saúde. Use sempre protetor solar adequado, proteja-se com um guarda-sol, beba bastante líquido, de preferência água, e molhe-se no mar de vez em quando;
- Não siga os que se dizem grandes nadadores, o mar já levou a vida de muitos deles;
- Se houver necessidade de socorrer alguém, tenha sempre em mãos um material flutuante e grite por ajuda;
- Pratique esportes nos horários e locais indicados;
- Se você perceber que irá se afogar, ou se não estiver se sentindo bem, não se intimide e grite por socorro;
- Para maior segurança, aprenda um método de respiração artificial. Reúna um grupo de amigos e peça orientação do guarda-vidas;
- Quando estiver nadando, não lute contra a correnteza. Nade no sentido diagonal. Evite permanecer na praia quando houver trovoadas.


fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?pagina=1&id=JayAAcjy

Corpo de Bombeiros abre inscrições para guarda–vidas temporário em Itanhaém-até 24/10/10


O Posto de Bombeiros de Itanhaém - Salvamar Paulista está com inscrições abertas para 70 vagas de Guarda-Vidas temporários, para ambos os sexos, até o dia 24 de outubro, na sede do grupamento, na avenida Mário Covas Junior, 335, no Cibratel ll, das 9 às 17 horas . O salário médio oferecido é de R$ 700,00 e os aprovados começarão a trabalhar no dia 20 de dezembro.
No ato da inscrição, o candidato deve comparecer no Posto de Bombeiros munido do Registro Geral (RG), CPF e comprovante de residência. Para poder concorrer à vaga, o candidato dever ser maior de 18 anos, ter o ensino fundamental completo e não possuir antecedentes criminais.
Logo após a inscrição, os candidatos participarão de uma seletiva física, que inclui prova de natação (500 metros em até 12 minutos), corrida três mil metros, 12 barras e 46 abdominais. O teste será realizado na última semana de outubro, em data ainda a ser definida.
As vagas visam atender a demanda da temporada de verão, onde a população de Itanhaém salta de 90 para 450 mil. Ao término de contrato, todos os Guardas Vidas receberão um certificado de conclusão e aproveitamento.
Das 70 vagas para Guardas Vidas temporários, 45 são por meio da prefeitura, e 25 em uma parceria do Corpo de Bombeiros com a Petrobras. Mais informações pelo telefone (13) 3425-5226.

CURSO

Depois da seletiva física, os aprovados vão passar por um curso preparatório com início na primeira semana de novembro e término no final do mês. No curso, serão ministradas técnicas de natação, salvamento e resgate em mar, primeiros socorros, conhecimentos elementares sobre o mar, técnicas de relações públicas e noções de turismo. É deste curso que serão selecionados os 70 Guardas Vidas temporários.

fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?pagina=1&id=JayAAQyJ