Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Mais Ambulâncias do Samu irão ter desfibriladores automáticos


Até o fim de setembro, o Ministério da Saúde vai investir R$ 5,8 milhões para equipar todas as ambulâncias do serviço de emergência, o Samu, com desfibriladores automáticos. Atualmente, apenas 300 ambulâncias (20% do total) possuem esse aparelho, mas o do tipo convencional, que precisa ser operado por um médico especialista. Os novos desfibriladores, automáticos, serão instalados nas demais 1.221 ambulâncias. A vantagem deles é poder ser operados por enfermeiros, motoristas socorristas e até mesmo por leigos.
O desfibrilador é usado para salvar pessoas que sofrem uma parada cardíaca. O aparelho emite um choque elétrico, que faz com que o coração volte a funcionar corretamente. Ele é essencial em situações de emergência porque, a cada minuto que um paciente fica sem ser reanimado, ele perde 7% das chances de ser salvo, segundo o cardiologista Enrique Pachon, do Hcor (Hospital do Coração, de São Paulo).
- Depois de 10 minutos, as chances caem 70%. Mas se você identifica imediatamente a arritmia e faz a desfibrilação precoce, as chances de salvar são maiores.
As 300 ambulâncias que já possuem desfibriladores são as unidades de atendimento avançado, conhecidas como UTIs móveis. Elas contam com o aparelho do tipo convencional, que exige a presença de um médico para interpretar o ritmo cardíaco do paciente e decidir se é necessário ou não fazer a reanimação. Além do médico, esses veículos contam com um enfermeiro e um motorista socorrista.
Já as demais 1.221 ambulâncias são as unidades de atendimento básico, que não possuem médicos na equipe. O desfibrilador automático, no entanto, dispensa essa necessidade. Ele é composto por duas pás que são aplicadas sobre a região do tórax do paciente. Quando ligado, ele registra o batimento cardíaco, faz o diagnóstico e orienta o profissional a apertar, ou não, o "botão de choque".
Com essa tecnologia, tanto o enfermeiro como o motorista socorrista poderá conduzir esse procedimento. Antes, era preciso chegar a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) ou então a um hospital para realizar a reanimação, o que desperdiçava tempo e a vida do paciente. Pachon diz que essa inovação é muito grande.
- Esses aparelhos têm um índice de confiabilidade alto. Pode ser manipulado por leigos, desde que haja algum treinamento. Apesar de ter demorado um pouco, ele chegou em boa hora e vem cobrir uma lacuna que precisava ser resolvida.
Segundo o coordenador geral de urgências e emergências do Ministério da Saúde, Clésio Mello de Castro, os benefícios para a população serão imediatos.
- Muitas vidas vão se salvar com uma desfibrilação precoce, com o diagnóstico e tratamento mais rápido. De imediato a gente já ganha.
Segundo o ministério, com as 300 UTIs móveis e as 1.221 ambulâncias de atendimento básico, a rede pública de saúde conta com 1.521 ambulâncias de emergência, circulando em 1.286 municípios e atendendo a 106 milhões de brasileiros. Além delas, Castro afirma que o governo também vai equipar com os desfibriladores automáticos as 400 motos de emergências (chamadas "motolâncias", que atuam em grandes cidades) e as oito lanchas (conhecidas por "ambulanchas", que atendem regiões ribeirinhas).

Instalação de aparelhos precisa se expandir

A instalação dos desfibriladores automáticos nas ambulâncias de emergência já era uma solicitação de muitos médicos, como os da Sobrac (Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas) e da Sobrati (Sociedade Brasileira de Terapia Intensiva).
Diante disso, Castro afirma que o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Emergência) é um plano que vem se aperfeiçoando ao longo do tempo.
- [Os investimos são feitos] conforme a tecnologia avança e fica mais barata, possibilitando a instalação em massa. O desfibrilador automático é um deles.
Para o médico Douglas Ferrari, presidente da Sobrati, esses aparelhos automáticos deveriam ser instalados não somente nas ambulâncias, mas, também, em todos os lugares com mais de mil pessoas, "como em agências bancárias, onde entram e saem mil pessoas em um único dia".
- [Equipar as ambulâncias] já é um impacto considerável, porque nós vamos melhorar a sobrevida dos pacientes. Mas ainda estamos longe de uma situação ideal.
Já Castro alerta, no entanto, que o desfibrilador é apenas uma das ferramentas de uma "cadeia de sobrevivência", que precisa funcionar em conjunto para aumentar as chances de salvar um paciente.
- [Salvar vidas] depende de a população acionar imediatamente o serviço, de a central fazer a mobilização rápida, dos profissionais, das UPAs e dos hospitais. O desfibrilador vai fomentar essa rede.

fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?id=JyjjA5yA

ARTIGO: Avaliação Nutricional dos Bombeiros


Pesquisa feita com bombeiros revela a importância da informação e atenção sobre a alimentação dos profissionais atualmente
Os padrões nutricionais sofrem alterações a cada século, resultando em mudanças na dieta dos indivíduos, correlacionando também modificações econômicas, sociais, demográficas e relacionadas à saúde. O século XX foi marcado por uma dieta rica em gorduras (principalmente as de origem animal), açúcar e alimentos refinados, além de declínio progressivo da atividade física. Segundo pesquisadores como Andréia Araújo Lima Torres, Rosemeire Aparecida Victoria Furumoto e Elioenai Dornelles Alves, o predomínio desta dieta, junto ao declínio progressivo dos exercícios físicos, tem contribuído para o aumento da obesidade.
Autores como Carlos Augusto Monteiro mostram, por meio de resultados variados, que o Brasil vem substituindo rapidamente o problema da escassez pelo excesso. A desnutrição, ainda relevante, vem diminuindo, no entanto, estamos trocando um mal pelo outro.
O artigo na íntegra você irá encontrar na revista emergência agosto/setembro 2010

fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?pagina=1&id=JyjjAcjj

Saiba como denunciar queimadas no país


O tempo seco no Centro-Oeste e áreas do Norte tem aumentado o número de queimadas nessas regiões, segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Para agilizar o combate aos focos de incêndio, o Ibama conta com o serviço da "Linha Verde", um canal de comunicação criado para denúncias a queimadas em todo o país.
"Além de denunciar por meio da Linha Verde, o cidadão deve acionar o órgão ambiental de seu estado e o Corpo de Bombeiros. É fundamental que sejam passadas todas as informações como localização, posição do incêndio, a gravidade da situação e, em caso de propriedades particulares, se possível, inclusive a identidade do proprietário. A identidade do denunciante será mantida sob sigilo", diz ao G1 Luciano Meneses Evaristo, diretor de proteção ambiental do Ibama.

Para avisar sobre as queimadas

Nacional Ibama
0800-61-8080
linhaverde@ibama.gov.br

Secretarias Estaduais do Meio Ambiente

AC (68) 3223-3090
AL (82) 3315-2680
AM (92) 3642-4724
AP (96) 3212-5310
BA (71) 3115 6288
CE (85) 3101-5520
DF (61) 3355-8060
ES (27) 3136-3441
GO (62) 3201-5150
MA (98) 3218-8956
MG (31) 3915-1299
MS (67) 3318-4100
MT (65) 3613-7200
PA (91) 3184-3349
PB (83) 3218-5661
PE (81) 3181-1700
PI (86) 3216-2038
PR (41) 3304-7700
RJ (21) 2334-5906
RN (84) 3232-2400
RO (69) 3216-1065
RR (95) 2121-9176
RS (51) 3288-8100
SC (48) 3029-9014
SE (79) 3179-7310
SP (11) 3133-3000
TO (63) 3218-2600

O número é gratuito e funciona 24 horas. Para denunciar incêndios em seu estado basta ligar para 0800-61-8080 e detalhar, o máximo possível, a localização e a intensidade do incêndio. Denúncias também pode ser feitas pela internet, pelo e-mail: linhaverde@ibama.gov.br.
No caso de queimadas localizas às margens de rodovias, a Polícia Rodoviária Federal também deve ser acionada.
Segundo a assessoria de imprensa do Ministério do Meio Ambiente, além do Ibama, denúncias devem ser encaminhadas a órgãos ambientais estaduais e municipais, para agilizar o atendimento à ocorrência. A fiscalização dos casos de queimadas é feita pelo Ibama, segundo o ministério.

Alerta

Os estados em que a situação é mais grave, atualmente, são Tocantins, Mato Grosso, Rondônia e Pará. "O grande problema são as queimadas para a agricultura, para consolidar e implantar a pecuária, renovar pastos. Essa tecnologia rudimentar, com a baixa umidade relativa do ar, causa muitos transtornos e não dá para pensar em queimar", diz Evaristo.
A orientação do Ibama aos agricultores é que aguardem uma condição climática mais favorável, menos seca, para as queimadas. "A prática tem que ser interrompida imediatamente. Em Mato Grosso, por exemplo, estamos com mais de 1,5 mil focos de calor, e a queimada está proibida. Nem queimadas controlas são seguras nesta época do ano", afirma o diretor.
Em todo o país, cerca de 1,7 mil brigadistas do Ibama atuam no combate às chamas e fiscalização de queimadas, sem contar profissionais do Corpo de Bombeiros, do Instituto Chico Mendes e outros órgãos ambientais.

fonte:http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?id=JyjjAnjy

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

PROCESSO SELETIVO BAURU/SP - CONCURSO CENTRINHO

A FUNDAÇÃO PARA O ESTUDO E TRATAMENTO DAS DEFORMIDADES CRÂNIO - FACIAIS, divulga a abertura de inscrições ao Processo Seletivo para contratação de 04 (quatro) Enfermeiros, e para outras vagas com os mesmos requisitos que surgirem no prazo de 01 (um) ano a contar da data de divulgação do resultado finaL.
O salário será de R$ 3.188,16 (três mil, cento e oitenta e oito reais e dezesseis centavos) com jornada de trabalho de 36 horas semanais, em regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Os admitidos deverão exercer suas funções dentro dos horários determinados pela Diretoria do Hospital contratante, podendo variar em períodos diurno, noturno, misto ou na forma de revezamento, durante toda a semana, inclusive sábados, domingos e feriados.

MAIS INFORMAÇÕES ACESSE: http://www.funcraf.org.br/docs/ed028_2010.pdf ; www.funcraf.org.br

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Abertas as inscrições para o VII Fórum de Defesa Civil

Até o dia 27 de agosto estarão abertas as inscrições para apresentação de trabalhos no "VII Fórum Nacional de Defesa Civil", que acontecerá de 22 a 24 de setembro em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. O evento tem como finalidade discutir ações locais abordando temas debatidos em março deste ano na Conferência Nacional de Defesa Civil, realizada em Brasília.
Os trabalhos inscritos deverão ter como foco o tema "Cidades mais Seguras", por meio da apresentação de casos de sucesso. Essa temática deve ser voltada às ações municipais com a promoção do debate aberto sobre proteção das cidades e segurança das populações. O debate nas conferências, oficinas e mesas redondas será amplo, abrangendo todos os aspectos relativos ao assunto principal.
Para se inscrever basta acessar o site http://forumdefesacivil.org/ e clicar no link "Inscrições de Trabalho". Não há limite para envio de trabalhos por autor e a avaliação e seleção de todo o material será realizada pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) e pelo Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres (Ceped). Os autores serão notificados por e-mail a respeito do resultado. Caso o inscrito queira acompanhar o evento como participante é só optar pelo link "Inscrições". Vale lembrar que as despesas pessoais são de responsabilidade dos participantes.
O Fórum pela primeira vez na região Centro-Oeste, será realizado em território de fronteira entre o Brasil e o Paraguai, onde são desenvolvidas ações na área de defesa civil, prevenção de desastres e redução de riscos. Os encontros anteriores foram nas cidades de Santo André (SP), Jaboatão dos Guararapes (PE), Cariacica (ES), Jaraguá do Sul (SC), Camaçari (BA), e Teresina (PI).

fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?id=JyjaAcy4

Enfermagem Cidadã discute o ensino da profissão - palestra gratuita dia 24 de agosto




Mercantilismo no Ensino da Enfermagem é tema da palestra gratuita do dia 24 de agosto
Com o avanço das tecnologias, as profissões e a maneira de ensiná-las também evoluiu. O Programa Enfermagem Cidadã traz para a próxima palestra, o tema “Mercantilismo no Ensino da Enfermagem”, que esclarece aos participantes questões importantes sobre o curso superior, pós-graduação, estágio, residência e a qualidade desses cursos.
Com tópicos de interesse a enfermeiros e estudantes e ministrado por profissionais experientes na área, o curso será realizado no Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem (CAPE), no dia 24/08, das 14h às 18h. A entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas até o dia 23/08 no site www.enfermagemcidada.com.br
O Projeto Enfermagem Cidadã foi criado em 2010 pelo Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo (SEESP), em parceria com o Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo (COREN-SP). O objetivo é discutir temas relacionados à cidadania da classe da enfermagem, trazendo temas que geralmente não são abordados e que são de interesse da profissão. São dois cursos de quatro horas por mês e gratuitos.

“Mercantilismo no Ensino da Enfermagem”

Data: Dia 24/08/2010, das 14h às 18h

Local: CAPE

Endereço: Rua Dona Veridiana, 298 - Santa Cecília - São Paulo – SP

Entrada Franca

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Concurso Público - FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz abre 19 vagas até R$ 12.535,22 - Especialistas/Superior

O Presidente da Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz, no uso de suas atribuições e tendo em vista as autorizações concedidas pelos Despachos do Excelentíssimo Senhor Ministro de Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio das Portarias MP nº 64, de 18 de fevereiro de 2010 e MP nº 342, de 22 de julho de 2010, publicadas no Diário Oficial da União de 19 de fevereiro de 2010 e 23 de julho de 2010, respectivamente, torna pública a abertura das inscrições e estabelece normas relativas à realização de Concurso Público destinado à seleção de candidatos para provimento de vagas no cargo de Pesquisador em Saúde Pública, na carreira de Pesquisa em Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública, de acordo com as disposições da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, da Lei nº 11.355, de 19 de outubro de 2006, alterada pela Lei nº 11.907, de 2 de fevereiro de 2009, que dispõe sobre o Plano de Carreiras e Cargos de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública da Fiocruz, pela Lei nº 12.269, de 21 junho de 2010, do presente Edital e seus Anexos.

Acessar a Internet, através dos endereços eletrônicos http://concurso.fgv.br/fiocruz04 ou www.fiocruz.br, a partir de 10 horas do dia 17 de agosto até às 23 horas e 59 minutos do dia 17 de setembro de 2010, observado o horário oficial de Brasília/DF;

Concurso público - FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz/ 257 vagas até R$ 7555,83 Analista de Gestão em Saúde

257 vagas até R$ 7555,83 Analista de Gestão em Saúde - Superior

O Presidente da Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz, no uso de suas atribuições e tendo em vista as autorizações concedidas pelos Despachos do Excelentíssimo Senhor Ministro de Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio das Portarias MP nº 64, de 18 de fevereiro de 2010 e MP nº 342, de 22 de julho de 2010, publicadas no Diário Oficial da União de 19 de fevereiro de 2010 e 23 de julho de 2010, respectivamente, torna pública a abertura das inscrições e estabelece normas relativas à realização de Concurso Público destinado à seleção de candidatos para provimento de vagas no cargo de Analista de Gestão em Saúde, na carreira de Gestão em Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública, de acordo com as disposições da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, da Lei nº 11.355, de 19 de outubro de 2006, alterada pela Lei nº 11.907, de 2 de fevereiro de 2009, que dispõe sobre o Plano de Carreiras e Cargos de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública da Fiocruz, pela Lei nº 12.269, de 21 junho de 2010, do presente Edital e seus Anexos.

Acessar a Internet, através dos endereços eletrônicos http://concurso.fgv.br/fiocruz02 ou www.fiocruz.br,

Eventos: Rompendo fronteiras e ampliando horizontes nos cuidados com a pele e o tratamento de feridas

Painel de Especialistas: Rompendo fronteiras e ampliando horizontes nos cuidados com a pele e o tratamento de feridas
Data: 23 de setembro de 2010
Horário: 19h às 22h
Local: CAPE – Centro de Aprimoramento Profissional de Enfermagem
Informações e inscrições: silvana.sobende@yahoo.com.br ou www.expansaoeventos.com.br

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Congresso reunirá profissionais do SAMU 192 de todo o País


A Coordenação Geral de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde (CGUE/DAE/SAS/MS) realizará o III Congresso Nacional da Rede SAMU 192. O Evento será realizado nos dias 9, 10 e 11 de novembro de 2010 na cidade de Brasília/DF, no centro de eventos Unique Palace, SCES trecho 2, conjunto 42 - Setor de Clubes Esportivo Sul.
O Congresso reunirá gestores e profissionais de todo país envolvidos da Rede SAMU 192 e terá o objetivo maior de integrar as ações na melhoria da assistência no contexto da rede de urgência.

III Congresso Nacional da Rede SAMU 192

Data: 9, 10 e 11 de novembro
Local: Brasília/DF
Inscrições: a partir de 1º de setembro de 2010 no site do Ministério da Saúde.
Informações: cgue@saude.gov.br

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

CONCURSO PÚBLICO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA - SAMU 192/MG


CONCURSO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA O SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA - SAMU - CENTRO SUL

O Presidente da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-Rei - FAUF -, na forma do que dispõe o Contrato de Prestação de Serviços, nº 01/2010, assinado em 20 de julho de 2010, entre a FAUF e o Consórcio Intermunicipal de Saúde Centro Sul e de acordo com o disposto no art. 37 da Constituição Federal de 1988 e a Portaria GM/MS nº 2048, de 05 de outubro de 2002, bem como o Protocolo de Intenções assinado entre os membros do Consórcio Intermunicipal de Saúde Centro Sul, faz saber, a todos quantos o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem, que fará realizar Concurso Público, destinado ao provimento efetivo dos cargos de carreira para contratação de pessoal para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU - Centro Sul, nos termos e condições estipulados no presente Edital.

ACESSE O SITE E INSCREVA-SE: www.ufsj.edu.br/fauf/samu_centrosul.php

Vídeo sobre auto estima, sonhe e voe - Assista vale a pena!!

video

Vídeo explicativo do que fazer quando pegar fogo em panela com óleo

video

Alimentação de hoje aceleram puberdade de meninas


Um estudo divulgado pela revista americana Pediatrics esta semana afirma que a puberdade está ocorrendo cada dia mais cedo nas garotas. O desenvolvimento dos seios, por exemplo, tem começado em média entre os 7 e 8 anos.
Segundo os pesquisadores, as causas mais prováveis são a alimentação rica em gordura, que estimula a produção dos hormônios, e a presença de substâncias químicas que imitam os efeitos do estrogênio no organismo das meninas.
A pesquisa, liderada pelo Dr. Frank M. Biro, é a última de uma série de estudos que buscam descobrir por que as meninas estão se tornando adolescentes cada vez mais cedo e quais os efeitos que isso pode causar à sua saúde na vida adulta.A questão é motivo de preocupação, tanto por razões médicas quanto psicológicas.
Alguns estudos sugerem que a puberdade precoce, medida a partir da primeira menstruação, pode aumentar ligeiramente o risco de câncer de mama, já que a garota passa a ter uma exposição prolongada a hormônios como estrogênio e progesterona, que podem estimular alguns tumores.
Apesar da última pesquisa se basear no crescimento dos seios, e não na primeira menstruação, esse fator também é um demonstrativo de exposição hormonal e alguns pesquisadores defendem que isso também poderia significar um aumento do risco de câncer.
Do ponto de vista psicológico, os especialistas garantem que a experiência de ter o desenvolvimento mental diferente do físico pode ser traumática para algumas meninas, já que elas ainda não estão preparadas para lidar com as reações sexuais masculinas ou com os próprios impulsos hormonais do seu corpo.

Resultados
A pesquisa avaliou o desenvolvimento de 1.239 meninas entre 6 e 8 anos, divididas em quatro grupos: brancas, negras, latinas e asiáticas.
Segundo Biro, que também é diretor de hebiatria do Hospital Cincinnati Children, os resultados mostraram que garotas brancas entraram na puberdade antes do período previsto, enquanto as negras iniciaram a adolescência, em média, antes das demais.
Garotas acima do peso também apresentaram desenvolvimento precipitado, enquanto as crianças com peso normal não apresentaram alteração na idade de início da puberdade. Apesar desse dado, o diretor da pesquisa não acredita que o nível de gordura seja o único fator relevante.
A possibilidade de fatores ambientais, como ingestão de substâncias químicas, aumentarem os níveis hormonais antes da hora estão sendo investigados pela equipe, que estão avaliando a exposição dessas garotas a diversos componentes químicos.
"Essa é certamente uma séria bandeira de advertência", afirmou Dr. Biro em entrevista ao New York Times. "Eu acho que devemos repensar tudo a que estamos expondo os nossos corpos e os corpos dos nossos filhos. Esse é um forte aviso que nós devemos prestar atenção".

fonte: http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI4615964-EI8147,00-Alimentos+com+quimicos+aceleram+puberdade+de+meninas.html

Bactéria é utilizada como terapia contra câncer


Pesquisadores italianos descobriram uma aliada inusitada na luta contra o câncer: a bactéria salmonela. Para se alastrar, os tumores precisam iludir o sistema imunológico, mas o estudo mostrou que a salmonela desperta as defesas do organismo, tornando-o capaz de reconhecer e destruir as células cancerosas. A estratégia foi usada com sucesso no combate a tumores in vitro - em células humanas e de camundongos - e in vivo - em cobaias.
A salmonela é normalmente associada a casos de intoxicação alimentar decorrentes da ingestão de carne e ovos contaminados. Nos testes, os cientistas utilizaram uma linhagem enfraquecida, incapaz de causar a doença. Trabalhos anteriores mostraram que a salmonela infecta preferencialmente células tumorais. Publicado na Science Translational Medicine, o artigo descreve como os pesquisadores aproveitaram tal afinidade para acordar o sistema imunológico.
No início do câncer, as defesas do organismo costumam reconhecer e eliminar as células defeituosas. Com o tempo, o tumor sabota os mecanismos de comunicação celular que denunciariam a anomalia. O câncer então se espalha sem ser incomodado pelo sistema de defesa.
Normalmente, o tumor inibe a produção de uma proteína nas células cancerosas: a Cx43. Ela é responsável por apresentar ao sistema imunológico sinais de que algo vai mal - os chamados antígenos tumorais. Os cientistas descobriram que a infecção pela salmonela restabelece os níveis normais de Cx43. O sistema de defesa percebe então que a salmonela é o menor dos problemas: o câncer se torna prioridade. Células T CD8 são enviadas ao local para matar as células cancerosas.

fonte:As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


http://www.estadao.com.br/noticias/geral,bacteria-salmonela-e-usada-em-terapia-contra-cancer,594030,0.htm

ExpoEmergência e PrevenRio mais de 18.000 visitas - Rio de Janeiro


Mais de 18.000 visitas na quarta edição consolidam a Prevenrio - Feira de Saúde e Segurança do Trabalho e a Expo Emergência - Feira de Resgate, Atendimento Pré-Hospitalar, Combate a Incêndio e Emergências Químicas como as feiras oficiais destes segmentos no Rio de Janeiro.
Além da visitação superior a todas as expectativas, os 42 eventos paralelos às feiras tiveram a participação de cerca de 5.000 participantes. Congressos, cursos, workshops, seminários e encontros setoriais atraíram profissionais das áreas de SST, resgate, emergência, proteção contra incêndio, atendimento pré-hospitalar e emergências químicas. A feira aconteceu no período de 3 a 5 de agosto, no Centro de Convenções SulAmérica, na cidade do Rio de Janeiro.

EXPOSITORES SATISFEITOS

A visitação da PrevenRio e ExpoEmergência mostrou uma mescla importante de profissionais que atuam nas duas áreas, e de estudantes que se preparam para a vida profissional. Entre os expositores, a satisfação com a qualificação do público visitante foi a tônica dos depoimentos.
O gestor de negócios da ProtCap, Fábio Cruz, afirmou que a empresa participou pela segunda vez na feira. O crescimento da visitação, e a qualificação dos visitantes, foi o que o expositor enfatizou em seu depoimento. A coordenadora de marketing da Conect, Elisabeth Cunha, afirma que a feira foi o momento de lançamento de equipamentos novos, com novas tecnologias e novos materiais.
A gerente comercial de Calçados Conforto, Rochele Veit Cassel, comemorava os resultados obtidos na feira. Segundo ela, "conseguimos ser vistos por representante de empresas importantes, que não conheciam nossa marca". Calçados Conforto está lançando em 2010 sua linha de sapatos de segurança femininos.
O diretor da Bext e gerente da Balaska, Senir Raggio, enfatizou que a empresa participou pela primeira da feira. E disse que tanto o volume quanto a qualidade da visitação surpreenderam as duas marcas, que unidas em um mesmo estande, comemoravam os bons contatos estabelecidos.

SUCESSO DOS SIMULADOS

A feira trouxe diversos simulados que foram apresentados ao público. O Núcleo de Ensino e Pesquisa em Urgência da Universidade Federal Fluminense simulou um resgate em local de difícil acesso. O SAMU Metropolitano II apresentou extricação de vítima, enquanto a empresa APH Save realizou demonstrações de retirada de vítima de veículo. Já a empresa Sprink realizou uma simulação de atendimento a emergência química.

fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?id=JyjyJ9yJ

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Conheça mais sobre o Colesterol

Poucos sabem, mas o colesterol por si só é parte vital do corpo humano. Porém, quando em excesso, torna-se extremamente prejudicial e pode ocasionar sérias implicações no organismo. Fatores de risco como obesidade, aliado ao sedentarismo e hábitos alimentares inadequados impulsionam o nível do colesterol no organismo do indivíduo. Existem três tipos de colesterol, o HDL, conhecido também como colesterol bom, o LDL, prejudicial a saúde e fator que impulsiona o surgimento de doenças cardiovasculares, e o VLDL, também considerado prejudicial a saúde.
Nem sempre os níveis de colesterol são determinados pela dieta e estilo de vida. Cerca de 70 a 80% são sintetizados pelo fígado, e apenas 20 a 30% são provenientes dos alimentos. Colesterol alto não dá sintomas a não ser quando o estrago já está feito, o que torna seu controle uma medida indispensável para evitar riscos, uma vez que há relação entre colesterol elevado e acidentes cardiovasculares. Além da manutenção de uma alimentação saudável, a realização de atividades físicas e o acompanhamento médico regular são medidas fundamentais para a diminuição dos níveis de colesterol.

Algumas dicas úteis para evitar pequenas complicações:

- Reduza o consumo de gorduras saturadas na dieta: leite integral, creme de leite, nata, manteiga, queijos amarelos, embutidos, carnes em geral, vísceras, ovo, ou seja alimentos de origem animal.
- Dê preferência às carnes sem gordura aparente como o lagarto, peito de frango ou peru sem pele, leite desnatado e queijo branco
- Os frutos do mar também são fontes ricas em colesterol e devem ser consumidos com moderação.
- O consumo de gordura polinsaturadas deve ser moderado, pois, quando consumidos em excesso, podem diminuir os níveis de HDL. As principais fontes são óleos de milho, girassol e soja, margarina, maionese e temperos cremosos para saladas.
- Fique atento aos rótulos. A gordura hidrogenada ou trans são gorduras polinsaturadas, que foram modificadas para gordura saturada com o intuito de conferir sabor e consistência aos alimentos. Este tipo de gordura também é prejudicial à saúde pois aumentam o LDL e diminuem o HDL e estão presentes em vários produtos industrializados como sorvetes, bolos industrializados, croissant, bolachas, nuggets, tortas e biscoitos.
- Aumente o consumo de gordura monoinsaturadas. As principais fontes são azeitona, soja, linhaça, óleo de canola, azeite de oliva, óleo de amendoim, abacate e oleaginosas como amêndoas, amendoim, castanha, nozes e peixes como o salmão, cavalinha, truta, bacalhau e sardinha fresca.
- Evite as frituras; dê preferência às preparações cozidas, assadas ou grelhadas.
Consuma alimentos ricos em fibras como os cereais integrais, grãos, frutas, verduras e legumes. Dê preferência aos pães integrais.

FONTE: http://www.abril.com.br/noticias/comportamento/veja-como-manter-seu-colesterol-niveis-saudaveis-585361.shtml