Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Escoteiros aprendem técnicas de salvamento com Defesa Civil de Santa Cruz do Sul/RS


Vinte e quatro instrutores do Grupo Escoteiro Santa Cruz realizaram no sábado, 10, um treinamento de salvamento básico ministrado pela Defesa Civil do município. Em quatro horas de aula, os participantes, que precisavam ser maiores de 18 anos, aprenderam técnicas de salvamento em diversas categorias, desde acidentes de trânsito até a remoção correta de vítimas de locais de tragédias.
Uma equipe da Defesa Civil, liderada pelo coordenador José Ipê da Silva, ministrou o treinamento na própria sede do grupo, que fica na Rua Coronel Oscar Jost, 1.551. No sábado, dia 10, também houveram atividades normais para os 78 jovens integrantes do Santa Cruz.
De acordo com o presidente do grupo, Hernani Hettwer, foram repassadas noções básicas de salvamento e primeiros socorros, sobretudo no quesito remoção de pessoas. Hettwer elogiou o trabalho da Defesa Civil de Santa Cruz do Sul, que atribui ser um dos órgãos mais bem estruturados do Estado. "Esse tipo de curso é de suma importância para que possamos ajudar nos momentos difíceis", salienta. O grupo já apoiava a Defesa Civil em momentos de catástrofe, caso das enchentes do início de 2010, porém sem o conhecimento técnico pertinente. "Éramos mais leigos, porém jamais nos faltou força de vontade", diz. O presidente afirma que toda a sistemática da Defesa Civil foi reformulada em 2005. "As pessoas tendem a lembrar só quando precisam, mas o órgão atua 80% na prevenção. Com o devido conhecimento, vamos ajudar mais", diz Hettwer. O curso avançado será ministrado pelo período de dois dias também em Santa Cruz do Sul, ainda em data a ser definida.
O presidente também aproveita para fazer um convite aos jovens de 7 a 21 anos. "Ser escoteiro é ter espírito forte e caráter. Assim, cada um aprende fazendo. É uma equação fácil. As crianças se tornam adultos mais preparados para a vida."

fonte: http://www.revistaemergencia.com.br/site/content/noticias/noticia_detalhe.php?pagina=2&id=Jyy5A5ja