Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

sábado, 15 de maio de 2010

Fazer hora extra aumenta em 60% a chance de ter ataque cardíaco, diz estudo

Um estudo publicado nesta terça-feira (11/05) no European heart journal (jornal europeu do coração) revela que pessoas que ultrapassam o expediente em três ou quatro horas têm 60% mais chances de desenvolver doenças cardíacas que pessoas que cumprem o horário. O tempo de trabalho considerado ideal pelo estudo é de sete horas por dia.
Marianna Virtanen, epidemologista do Instituto Finlandês de Saúde ocupacional e da Universidade College London (UK), explica que “a associação entre longas jornadas de trabalho e doenças coronárias foi analisada independentemente de outros fatores de risco, como fumo, obesidade e alto colesterol”.
O estudo, apelidado de Whitehall II, começou em 1985 e recrutou 10.308 funcionários públicos londrinos entre 35 e 55 anos – todos de áreas diferentes. A amostra atual inclui os resultados para 6.014 pessoas (4.262 homens e 1.752 mulheres), entre 39 e 61 anos, que foram acompanhados até 2004.
Durante os 11 anos de pesquisa, 369 pessoas tiveram problemas cardíacos (alguns até faleceram em consequência). Os pesquisadores encontraram várias explicações possíveis para os resultados. A primeira é a de que pessoas que trabalham demais, além de não dormir o suficiente, desenvolvem mais ansiedade, depressão, agressividade, competitividade, tensão, preocupação excessiva com o uso do tempo e hostilidade. Outra explicação inclui pressão alta ocasionada pelo stress e o fato de que pessoas que trabalham horas extras tendem a trabalhar doentes.
A pesquisa, contudo, não esgota as possibilidades. “Outra explicação plausível pode ser que fatores de risco são mais comuns entre aqueles que trabalham mais horas. Ou que a experiência de estresse crônico (frequentemente associada com longas horas de trabalho) afeta negativamente os processos metabólicos. É importante que estas hipóteses sejam examinadas em detalhe no futuro”, diz Virtanen.


fonte: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI139602-17770,00-FAZER+HORA+EXTRA+AUMENTA+EM+A+CHANCE+DE+TER+ATAQUE+CARDIACO+DIZ+ESTUDO.html