Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

RCP APLICADA POR SOCORRISTAS LEIGOS


As principais modificações da edição 2005, relativas às recomendações das diretrizes sobre RCP aplicada por socorristas leigos, são as seguintes:

1. Se estiver sozinho com uma criança ou lactente inconsciente, aplique cerca de 5 ciclos de compressão e ventilação (aproximadamente 2 minutos) antes de deixar a criança sozinha e telefonar para o 192.

2. Não tente abrir as vias aéreas usando elevação da mandíbula (queixo), em vítimas de trauma
– utilize a manobra de inclinação da cabeça
– elevação do queixo para todas as vítimas.

3. Demore 5 a 10 segundos (não mais de 10 segundos) para verificar a presença de respiração normal, em um adulto inconsciente, ou a presença ou ausência de respiração, em uma criança ou lactente sem responsividade.

4. Respire normalmente (não profundamente) antes de aplicar uma ventilação de resgate
em uma vítima.

5. Aplique cada ventilação durante 1 segundo. Cada ventilação deve provocar a elevação
do tórax.

6. Se não houver elevação do tórax da vítima quando da aplicação da primeira ventilação
de resgate, realize a manobra de inclinação da cabeça – elevação do queixo novamente,
antes de aplicar uma segunda ventilação.

7. Não verifique a presença de sinais de circulação. Após aplicar 2 ventilações de resgate,
inicie imediatamente as compressões torácicas (e os ciclos de compressões e ventilações
de resgate).

8. Não instruir o socorrista a aplicar ventilações de resgate sem compressões torácicas
(exceção: a ventilação de resgate é ensinada no Heartsaver Pediatric First Aid Course).

9. Use a mesma relação compressão-ventilação de 30:2 para todas as vítimas.

10. Para crianças, use 1 ou 2 mãos para realizar as compressões torácicas e comprima na
linha dos mamilos. Para lactentes, comprima com 2 dedos sobre o osso do peito,
imediatamente abaixo da linha dos mamilos.

11. Quando usar um DEA, aplique 1 choque, seguido de RCP imediata, iniciando por as
compressões torácicas. A verificação do ritmo cardíaco deve ser realizada a cada 2
minutos.