"Orem também para que Deus nos livre das pessoas más e perversas, pois nem todos creem na mensagem. Mas o Senhor Jesus é fiel. Ele lhe dará forças e os livrará do maligno." 2 Tessalonicenses 3 2-3

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Avaliação secundária do paciente


A avaliação secundária só é efectuada quando se estabiliza o ABC do doente.

Se ocorre qualquer deterioração durante esta fase então ela deve ser interrompida e
faz-se outra avaliação primária. Devem registar-se todos os procedimentos efectuados.

É realizado o exame com as pontas dos dedos:

Exame da cabeça

• anomalias do couro cabeludo e oculares
• ouvido externo e membrana timpânica
• lesões dos tecidos moles periorbitários

Exame do pescoço

• feridas penetrantes
• enfisema subcutâneo
• desvio da traqueia
• aparência das veias do pescoço


Exame neurológico

• avaliação da função cerebral usando a Escala de Coma de Glasgow
• atividade motora medular
• sensações e reflexos

Exame do tórax

• clavículas e todas as costelas
• murmúrio vesicular e sons cardíacos
• monitorização do ECG (se disponível)


Pélvis e membros

• fraturas
• pulsos periféricos
• cortes, escoriações e outras lesões menores

OBS: Nas vítimas com traumatismo craniano --> suspeitar de lesão da coluna
cervical até prova em contrário

Nenhum comentário:

Postar um comentário