Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

sábado, 15 de agosto de 2009

TEM DÚVIDAS SOBRE ALERGIA RESPIRATÓRIA.. ALGUMAS DÚVIDAS E SUAS RESPOSTAS


Pode ter cortina e tapete em casa?
Não pode. Mas essa restrição vale apenas para os alérgicos a ácaros, mofo e outras substâncias que se acumulam com facilidade dentro de casa. Isso porque cortinas, persianas e tapetes, principalmente os mais grossos, são uma moradia perfeita para essas partículas irritantes. Então, dê preferência a pisos laminados, que podem ser facilmente higienizados com um pano úmido. E, se insistir em ter uma cortina, prefira as de tecido leve. E não se esqueça de lavá-la uma vez por semana pelo menos.

Pode usar umidificador à vontade?
Não pode. Assim como um ambiente seco irrita o nariz dos alérgicos, a umidade excessiva também é nociva -- os fungos adoram ambientes úmidos. E eles, além de capazes de desencadear uma crise alérgica, servem de alimento para os ácaros. Por isso, em dias secos, prefira umedecer a mucosa com soro fisiológico. Beber bastante líquido é outra forma de combater a secura, assim como colocar panelas com água morna na sala ou no quarto.

Pode lavar a roupa de cama só uma vez por semana?
Pode, mas esse é o mínimo recomendado. Se possível, lave-a duas vezes a cada sete dias. Assim você evita o acúmulo de pele morta - um dos alimentos preferidos dos ácaros - nos lençóis. É que esses bichinhos vão tomando conta do seu lugar de descanso e aí não faltarão espirros, coceiras e, conseqüentemente, noites mal-dormidas. Outro truque para driblar a alergia é, logo após acordar, juntar toda a roupa de cama com cuidado e sacudi-la fora de casa. Se possível, coloque-a sob o sol para torrar todos os alérgenos.

Pode usar qualquer tipo de roupa de cama e cobertor?
Não pode. Quem tem alergia deve tomar cuidado especial com os cobertores de lã, pois acolhem as mais diversas partículas, entre elas as que desencadeiam crises alérgicas. Prefira lençóis e edredons de algodão que, aliás, fazem suar menos do que os de tecido sintético. E, com menos suor, há menos descamação, o que significa pouca comida para você já sabe quem. Os especialistas também recomendam capas protetoras anti-ácaro.

Pode ter roupa de lã?
Não pode. Como já dissemos, esse tecido é uma residência e tanto para ácaros, fungos e por aí vai. Mas se não tiver jeito, pelo menos lave o conjunto freqüentemente e nunca, mas nunca mesmo, tire aquele casaco que ficou meses no guarda-roupa para logo em seguida vesti-lo. Isso porque nesse tempo todo ele acumulou partículas suficientes para gerar uma crise, que pode até ter conseqüências mais graves.

Pode ter bichos como gato e cachorro em casa?
Não pode. Quem é alérgico deve restringir seu contato com os animais de estimação, tanto os que têm pêlos quanto os que têm penas. É verdade que começam a surgir estudos apontando que, se o pet é introduzido aos poucos desde a infância, ele pode até ser tolerado, mas isso ainda não tem uma forte comprovação científica.

Pode ter brinquedo de pelúcia?
Pode. Mas tem que tomar muito cuidado com a higiene. É recomendado colocar esses bichinhos dentro de um saco plástico para só tirá-los na hora da diversão. E, antes de ensacá-lo de novo, o ideal seria fazer uma nova lavagem. O que não pode de jeito nenhum é utilizar o ursinho de pelúcia como peça decorativa, porque ele, assim como a lã, ficará infestado de partículas alérgenas.

Pode praticar qualquer esporte?
Pode - até porque correr, nadar, caminhar e jogar futebol são atividades que desenvolvem a capacidade pulmonar. Porém, uma consulta ao médico é importante antes dos exercícios. Isso porque só ele será capaz de avaliar os riscos para o alérgico e, a partir daí, mostrar estratégias para evitar ou até combater uma possível crise. Em casos específicos, os especialistas indicam medicamentos para serem tomados antes da prática esportiva.

Pode usar corticóide por conta própria?
Não pode. Esse hormônio é um importante aliado para combater crises mais fortes, além de ser utilizado para diminuir as inflamações crônicas de uma alergia mesmo quando ela não dá as caras. Mas, apesar dos seus benefícios, os corticóides só devem ser usados com prescrição médica. Caso contrário, você corre o risco de encontrar mais encrencas do que soluções.

Pode recorrer à inalação para atenuar uma crise alérgica grave?
Pode. Os inaladores servem para relaxar os pulmões, impedindo que a pessoa deixe de respirar. Mas que fique claro: a inalação deve ser feita com substâncias broncodilatadoras recomendadas pelo médico. Afinal de contas, são elas que de fato colocam os brônquios de volta nos trilhos.