Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Romanos 8:28

sábado, 15 de agosto de 2009

INFORMAÇÕES SOBRE A GRIPE SUÍNA



O que é a gripe suína ?
A gripe suína é uma doença causada pelo vírus influenza A, seu subtipo mais comum é conhecido como H1N1. A contaminação inicial se deu através de uma mutação que possibilitou que o vírus contaminasse pessoas em contato com porcos infectados. A Organização Mundial da Saúde (OMS) preocupa-se com as novas mutações, que deram ao vírus a capacidade de se transmitir de pessoa para pessoa. Todos os casos recentes constatados no México procedem do contágio humano, segundo o Ministério Mexicano da Saúde. Tais acontecimentos levaram a OMS a declarar que a doença é uma "emergência na saúde pública internacional", e acaba de se tornar uma pandemia. A maior preocupação se deve ao fato de que muitas das vítimas são pessoas jovens e saudáveis.

É importante ressaltar que a transmissão não ocorre através do consumo de carne de porco, já que as temperaturas de cozimento da carne são fatais para o vírus.

O diagnóstico é feito através do uso dos kits enviados ao Brasil pela OMS, que podem detectar uma infecção em até 72 horas. Sem o uso do kit, o diagnóstico é feito em laboratório e demora 15 dias.

Sintomas
Os sintomas da gripe suína são similares aos de outros tipos de gripe:
Febre superior a 38ºC, com aparição repentina
Dor de cabeça intensa
Tosse
Falta de apetite
Dores musculares e nas articulações
Irritação dos olhos e fluxo nasal
Vômitos e diarréia

Tratamento
A OMS e os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) recomendam o tratamento com os remédios Tamiflu (nome genérico Oseltamivir), produzido no Brasil pela Roche, ou o Relenza (nome genérico Zanamivir), produzido pela GlaxoSmithKline, porém não é vendido nas farmácias brasileiras. Ambos já foram utilizados no combate à gripe aviária.

Prevenção
De acordo com a OMS, as recomendações para prevenir a infecção pelo vírus são:
Evite contato próximo com pessoas que não parecem bem e apresentem febre e tosse.
Lave as mãos frequentemente com sabão e água.
Mantenha hábitos saudáveis, incluindo sono adequado, alimentação nutritiva e exercícios físicos.
Tente evitar o contato com pessoas doentes, sabe-se que a gripe se espalha principalmente de pessoa para pessoa através da tosse ou espirro. Se houver uma pessoa doente em sua casa:
Tente providenciar um quarto separado para a pessoa. Se não for possível, mantenha o paciente a pelo menos 1 metro de distância das outras pessoas.
Cubra a boca e o nariz quando estiver cuidando da pessoa doente.
Lave as mãos com sabão e água após cada contato com a pessoa doente.
Melhore o fluxo de ar no local onde a pessoa doente estiver. Use as portas e janelas para se aproveitar do vento.
Mantenha o ambiente limpo, sempre tendo produtos de limpeza disponíveis para uso.